18/10/2018

Café nosso de cada dia

Natália Frighetto RS

Há quem não dispense um cafezinho pela manhã. Há outros que não abrem mão do espresso depois do almoço. Isso sem falar dos que precisam de uma xícara ao lado para trabalhar, como se a concentração dependesse dela. Com o passar do tempo, ao conhecer e degustar diferentes tipos de café, vamos criando preferências, como todo e qualquer produto sensorial. O olfato e o paladar se acostumam com os aromas e os sabores, e acabamos buscando por produtos que criamos mais referência.

Agora, por exemplo, vivemos a onda dos especiais, elaborados com frutos da variedade arábica, que apresenta maior complexidade, sabor, textura e acidez. Gustavo Albuquerque, um dos sócios da William & Sons Coffee Co., uma boutiquecafeteria e microtorrefação de Porto Alegre, nos contou que os produtores estão cada vez mais preocupados com a qualidade do grão e da bebida. De fato, os chamados cafés de terroir vêm crescendo consideravelmente, o que também desperta o interesse dos consumidores.

Não é à toa que na William & Sons é promovido o Cupping, um evento em que os clientes podem provar diferentes intensidades de torras, fazer uma análise sensorial e trocar ideias com os baristas. Para Gustavo, essa prática aproxima os coffee lovers, além de difundir os conhecimentos da cultura do café para pessoas que não são especialistas.

Assim como a bebida especial está cada vez mais popular, os métodos de extração também caíram no gosto dos apreciadores. O tão amado filtrado, que extrai o clássico passado e deixa a casa repleta de aromas, é o de mais fácil acesso e combina perfeitamente com um pão na chapa. Já o espresso é o mais encorpado, preenche a boca e é o que vai bem depois do almoço. O objetivo dele é limpar o paladar e finalizar a refeição. Servido com um chocolate meio amargo fica melhor ainda, viu?

Mas, na verdade, o que importa é que, cada vez mais , o hábito de tomar um bom café vem ganhando sentido no nosso dia a dia. O simples passado em casa abriu espaço para um encontro com os amigos em uma cafeteria e uma reunião de trabalho no novo café da cidade. Lugares charmosos, com infraestrutura, com internet sem fio e decoração aconchegante , estão cada vez mais presentes em nossa vida – nem sempre para sair da rotina, mas para experimentar o sabor que está na xícara.

Receba nosso conteúdo!

Digite um nome válidoDigite um nome válido
Digite um e-mail válidoDigite um e-mail válido

Cadastro efetuado com sucesso!

Erro no Cadastro!

Email já cadastrado!

Mail Chimp erro:

Tags:
RS Natália Frighetto