06/07/2015

Glossário do vinho

Juliana Palma RS

Foto: Fabiano MazzottiCertas palavras, para quem ainda não conhece a fundo o mundo do vinho, podem confundir na hora de descrever a bebida. Para facilitar, criamos um breve glossário para ajudar a entender o significado de cada uma.


ACIDEZ
É a sensação de frescor agradável que o conjunto de ácidos (cítrico, tartárico, lático, succínico) no vinho oferece.

ADSTRINGENTE
O mesmo que tânico ou duro. É a impressão de aspereza e secura dada por um vinho com presença de muitos taninos. É como a sensação de comer uma banana verde. 

ASSEMBLAGE
O mesmo que corte. Quando o vinho une, em uma mesma garrafa, dois ou mais tipos de uvas.

AVINAGRADO
Odor e sabor de vinagre exalado por um vinho que passou a produzir ácido acético e, assim, não é indicado para o consumo.

BUQUÊ
É o conjunto de sensações olfativas, vindas de aromas primários e secundários, que sentimos na garrafa ou na taça. São aromas complexos, características de vinhos envelhecidos.

COMPLEXO
Com buquê. Um vinho de múltiplos aromas, com diversas e diferentes sensações olfativas e gustativas. Geralmente são vinhos equilibrados.

CORPO
Sensação do vinho na boca. Vinhos encorpados dão peso, volume e impressão de boca cheia. O corpo é um resultado principalmente do teor alcoólico.

DECANTAR
Transportar o vinho da garrafa para outro frasco de vidro – de preferência, um decanter – para separar os sedimentos que se originaram no envelhecimento em barril.

JOVEM
Geralmente um vinho frutado, leve e refrescante, que não tenha potencial de guarda. Tem poucos taninos e sua acidez é equilibrada. O termo pode ser usado para descrever vinhos que ainda não envelheceram o sufiente.

LEVE
Vinhos equilibrados, pouco encorpados e com baixo teor alcoólico. 

MADURO
Quando um vinho atingiu um estágio pleno de seus aromas e sabores e está no momento ideal de consumo. 

PERSISTÊNCIA
O mesmo que retrogosto. É a sensação deixada por um vinho na boca logo após a deglutição. 

TANINO
Composto fenólico presente na casca e nas sementes das uvas. É importante para dar estrutura e corpo aos vinhos tintos. 

TERROIR
É o terreno onde um vinhedo está localizado, mas abrange também as características do solo, do microclima e do ecossistema do local.

Receba nosso conteúdo!

Digite um nome válidoDigite um nome válido
Digite um e-mail válidoDigite um e-mail válido

Cadastro efetuado com sucesso!

Erro no Cadastro!

Email já cadastrado!

Mail Chimp erro:

RS Juliana Palma