29/09/2010

Liguria em Santiago: imperdível com ou sem crianças

Alexandra Aranovich

Para a saúde de todo o casal, sou a favor de, volta e meia, deixar as crianças de fora das food experiences ou viagens. Mas, sei lá, o lado kids friendly acaba me perseguindo. Comecei a registrar esse lugar em  Destemperadinhos também. A dica foi da minha amiga Cris Berger que comentou: “Não deixa de ir no Liguria. Amém para a Cris, foi meu primeiro e inesquecível almoço na cidade. Fomos no horário do almoço. Não tenho certeza se à noite o Liguria combina com crianças. São três filiais na cidade, todas por Providencia. Fui no da Av. Luis Thayer Ojeda e recomendo esse endereço. Até o Rei das viagens, Ricardo Freire, classificou o bar-restaurante, recentemente, como incontornável e tradicionalérrimo (ver post aqui). O ambiente é lindo, lindo e mais lindo. Uma miscelânea de coisas penduradas na parede – todas convivendo em plena harmonia visual. O bar na entrada é tudo. Sentamos no segundo piso. Tem até um DJ. Calma, não se assustem: a música não perturba nem os bebês que engatinham pelo chão... Eu teria passado a tarde inteira no Liguria se não tivesse tão poucos dias em Santiago. O lado bom de estar aqui sem crianças é que bebi muitos piscos e saí “piscotonta” do bar (essa bebida pega muito). Tudo é acolhedor, principalmente as comidinhas..hummm. Começando pelo inegável couvert. Em todos os restaurantes que estive em Santiago (ver post Coquinaria e Aquí está Coco ), o molho vinagrete "pebre" - espécie de molho vinagrete, só que mais picante - estava sempre ali ao lado dos pãezinhos. Tudo tão bom que nem lembrei de tocar nas mostardas maravilhosas... Conversei com um casal paulista muito simpático. A filha deles estava concentrada no kit de pinturas do Liguria que segue a linha e todos os detalhes da programação visual do bar. Amei! Para a gurizada medonha, recomendo algo simples e delicioso: o sanduíche de Barros Luco - pão, queijo derretido e carne. Espetacular! Por indicação de uma amiga chilena, a Márcia Briones, pedi de cara o pastel de choclo (milho). “Não temos hoje de choclo, só de jaiba”, respondeu o garçom. Jaiba? (jaiba ou cangrejo = siri). Entendido o sabor, nova descoberta: o pastel de jaiba era algo como um delicioso suflê. Obrigada, Márcia. Agora, imbatível mesmo estava o queijo de cabra quente com tomates e rúculas. Socorro! Como as entradas foram muito bem servidas, dividimos os pratos principais. Tranquilamente meus filhos comeriam rindo a Mechada con Spaghetti – um molho de tomate supimpa e uma espécie de carne de panela. (sim, esse é o prato já dividido!) No outro canto da mesa, companheiros queridos de viagem dividiram o belo Raviólis de Espinafre com Ricota (dá pra ver de canto, minha amiga com o garfo na mão e nervosa para atacar seu pratinho). Pagamos R$ 100 por casal. Não chegamos à sobremesa. Mais um motivo para voltar com os pimpolhos. Santiago é show. "Confesso que vivi" muito nesses dias pela terra de Pablo Neruda. E também comi.

LIGURIA BAR-RESTAURANTE
Luis Thayer Ojeda , 019
Providencia – Santiago /Chile 56 + 2 231 1393 www.liguria.cl
Outros restaurantes com crianças no Chile, veja aqui!

Receba nosso conteúdo!

Digite um nome válidoDigite um nome válido
Digite um e-mail válidoDigite um e-mail válido

Cadastro efetuado com sucesso!

Erro no Cadastro!

Email já cadastrado!

Mail Chimp erro:

Destemperadinhos Alexandra Aranovich