14/06/2013

Nhoque da Scuola di Cucina de Bologna

Alexandra Aranovich Da minha viagem para Itália, trouxe souvenirs para as crianças e algumas receitinhas tradicionais de Emilia Romagna. Sim, eu fiz um cursinho de culinária para amadores rápido (uma noite) em Bologna na Itália. Acredite, se quiser. O professor falava muito pouco de inglês, eu entendia quase nada de italiano e, para completar, minha colega russa falava um inglês com um sotaque incompreensível. O lado bom é que no final da noite a gente se entendeu bem à mesa conversando na linguagem universal de onomatopéias: hummm, hummm, nhamy, nhumy...
A indicação do curso foi do Nicholas Montemaggi que coordena o projeto do Blog Ville (leia sobre o projeto, aqui!). Sabendo que eu me amarro nessa história de mergulhar na gastronomia local, Nick me inscreveu em uma aula da Scuola di Cucina de Bologna. Fui, então, apresentada para alguns pratos da cozinha tradicional bolognese, famosa no mundo inteiro. Toquei, cherei, cortei, revoguei, amassei e devorei (não necessariamente nessa ordem) alguns ingredientes. Na aula, preparamos quatro pratos, bebemos vinho e rimos das nossas conversas sem sentido. Mas, uma das melhores experiências desse dia foi ter sentido os aromas da cozinha bolognese e tocado nos principais ingredientes: a ricota fresca, a massa, a farinha especial, o queijo... eles fazem toda a diferença no prato final. Não é verdade, chefs?
O prato mais fácil e prático que aprendemos é o que trago para o Destemperadinhos, o nhoque de espinafre - em italiano, Chicche della Nonna (chicche = nhoque pequeno). Em casa, eu substitui o molho branco com carne por molho vermelho que adoro. É uma receita que ajuda a introduzir legumes no cardápio da gurizada de uma forma gostosa. Aliás, uma dica: não diga para as crianças que é o nhoque de espinafre. Fale que é o Nhoque do Popeye. Como assim seu filho não sabe quem é o Popeye? Corre para o youtube! “Filho, é o desenho da época da mamãe e do papai. E ajudou muitas crianças a ficarem forte comendo espinafre.” Mangia que te fa bene!  Sem os equipamentos e ingredientes da cozinha italiana, adaptei a receita. Com vocês, a tradução  do nhoque da Scuola di Cucina de Bologna para o português e para a nossa casa... 

Ingredientes
3 batatas médias
1 ovo
1/2 punhado de espinafre
noz moscada
sal
1 colher de sopa parmesão ralado
1 xíc. de farinha de trigo

Modo de preparo
Descascar as batatas e colocar para cozinhar com sal na água. Depois de cozidas, escorrer e amassar com garfo. Após, acrescentar o ovo, a noz moscada a gosto e parmesão. Misture bem e deixe esfriar. Separadamente, lave o espinafre e coloque na água fervendo. Deixar 2 minutos na água até amolecer. Escorra e pique bem (tirando bem a água). Misture o espinafre na batata já fria e coloque, aos poucos, a farinha. Vá acrescentando a farinha até a massa atingir o ponto de enrolar. Faça rolinhos e corte no tamanho de dois dedos. Coloque na água fervendo. Quando o nhoque levantar, está pronto. Na Itália eles usam a esteira para a massa não grudar uma na outra antes de ir para a água. Em casa, improvisamos. Bom apetite!


 SCUOLA DI CUCINA ITALIANA BOLOGNA
Via del Pratello 46.
Bologna, Emilia Romagna | Itália
Localização no Mapa
bolognacucina.it
Sobre o Blog Ville
Sobre
Emilia Romagna
Outras experiências italianas no Little Italy


Receba nosso conteúdo!

Digite um nome válidoDigite um nome válido
Digite um e-mail válidoDigite um e-mail válido

Cadastro efetuado com sucesso!

Erro no Cadastro!

Email já cadastrado!

Mail Chimp erro:

Destemperadinhos Alexandra Aranovich