03/07/2011

A Clássica Parrilla do La CabreraAR

Diego Fabris

Desde que a gente começou a fazer o Destemperados, uma penca de gente veio falar pra irmos ao La Cabrera. Essa parrilla mexe com turistas e locais que transitam pelo bairro de Palermo em Buenos Aires.

No domingo então, é gente que não acaba mais. A sugestão é reservar com um ou dois dias de antecedência. Eles tem uma filial na mesma rua, a poucos passos dessa casa da esquina que eu experimentei. Mesmo assim, olha a fila na frente do povo que não reservou.

Quando chegamos, passamos pelo salão principal e ficamos em um salão mais reservado, com o pé direito mais baixo, num clima mais intimista.

Mal sentamos e já veio o mister couvert. Pães acompanhados de tapenade, manteiga e alho assado. Sim Lela, alho assado. Mesmo com fome, mantive distância pra não queimar a largada.

Preferi ficar entretido com a carta de vinhos, feita com papel de jornal.

Tinham poucas opções de meia garrafa. Acabei pedindo esse Zuccardi Malbec 2009. Casou bem com o frio que fazia.

A mesa toda adorou os pratos e talheres. Divertidos e eficazes.

Fiquei um pouco nervoso com a quantidade de entradinhas que queria pedir. Muita coisa boa. Solução? Pedir um monte delas, ora. Começamos pelas aceitunas rellenas en milanesa.

Eu não sou muito de azeitonas, mas se fosse, ia gostar delas assim ó.

Empanadas normalmente me fisgam. E no La Cabrera não foi diferente.Apesar da aparência de pastel, o recheio de carne era delicioso.

Agora, a entrada campeã do dia foi a sensacional provoleta com jamon crudo, tomates secos e manjericão.

Tudo impecável. Da apresentação ao sabor. Da consistência a temperatura.

O atendimento foi ok. Esperado até em uma casa tão movimentada. Um dos garçons passava pela mesa com uma bandeja com acompanhamentos. Nenhuma chamou muito a atenção da nossa mesa.

Nesse ponto do almoço, já olhávamos para o quadro com os cortes e pensávamos nela: a carne!

Um bife de chorizo chegou chegando!

Todas as carnes vinham acompanhadas dessa saladinha.

Sâmia e eu pedimos um lomo al perfume de tomillo. Adoro tomilho com a carne.

Pedimos mal passada e ela veio assim. Coisa linda!

Pures de papas e de calabaza ainda foram experimentados por estes que vos escreve. Bons, mas podiam vir em porções maiores.

E ainda rolaram umas papas fritas bem crocantes na mesa.

Depois de umas duras horas no La Cabrera, entendi o porquê de tanta recomendação. O lugar é cheio de tradição, a atmosfera é especial e a comida é deliciosa. Devido ao exagero de entradas, pratos e acompanhamentos, foi impossível provar as sobremesas. Ah, mas resistir a torre de pirulitos não dava né.

O preço final dessa grande experiência foi de cerca de 55 reais por pessoa. Achei um preço justíssimo, levando em consideração o preço que se paga pra comer uma boa carne aqui no Brasil. Agora entrei pro time daqueles que recomendam o La Cabrera com devoção.

" style="color:#ff9900">La Cabrera José Antonio Cabrera, 5099 
Palermo Soho – Buenos Aires – Argentina
+54 11 4831.7002 
www.parrillalacabrera.com.ar
Todos os cartões

Receba nosso conteúdo!

Digite um nome válidoDigite um nome válido
Digite um e-mail válidoDigite um e-mail válido

Cadastro efetuado com sucesso!

Erro no Cadastro!

Email já cadastrado!

Mail Chimp erro:

Free Pass Diego Fabris