28/05/2013

A modinha saudável da Buenos Aires MarketAR

Amanda Mormito

Eu não sei se é moda, mas Buenos está com uma onda de comidinhas vegans e orgânicas que dá até gosto de virar fã desse tipo de alimentação. Parte da culpa é da Buenos Aires Market, uma feirinha urbana cheia de comes e bebes da linha saudável.

A feira tem mais de 60 produtores e 400 produtos, entre bebidinhas, cereais, frutas, frutos secos, farinhas, chás, verduras, legumes, pães, geleias, produtos para celíacos e até... Flores comestíveis.

Ali rola de tudo para todas as idades: dá para ir almoçar, lanchar, paquerar, passar o dia vendo o movimento, fazer a feira da semana ou, simplesmente, matar a curiosidade e saber o que realmente rola por entre os diversos stands do local.

A duração é, sempre, de um final de semana inteiro: das 10h da matina do sábado às 18h da tarde e, depois, reabre no mesmo horário no domingo. Povo se acaba de comer, viu?

E não é só isso: pega o abuelo levando comidinhas para casa. Eu também fiz isso da última vez que fui, levei uns 5 pães integrais da barraquinha do Le Blé (boulangerie famosa aqui da cidade).

Aliás isso é outro ponto legal para comentar: do mesmo jeito que você encontra stands de marcas famosas, você também encontra galera se deliciando com os panchos de soja do Facundo.

Aí está o Facundo. Simpático que só vendo. E olha, eu que fui meio relutante provar o bendito acabei gostando, é diferente. Até o ketchup ele disse que era orgânico, daí eu já não saberia dizer haha.

Enfim, uma das coisas que mais me chamou atenção foi a quantidade de crianças presentes no evento. E detalhe que todas elas estavam amando de paixão as delícias da feira. E ah, comendo coisas saudáveis sem reclamar! O da foto estava devorando um cupcake de cenoura.

Uma passadinha em um dos stands mais lindos, o do café Möoi e uma atendente pra lá de querida e prestativa. Só por isso eu provei o iogurte natural com granola e frutas vermelhas que ela vendia a 15 pesos o copo. Estava maravilhoso, achei que as frutinhas secas na mistura deram um toque especial para a combinação.

Caminhei um pouquinho mais e uma mini porteña, dessa vez, estava comendo um muffin de brocólis. Gente, que crianças mais educadas!

Bueno, esse mercadinho urbano tem como foco também a venda de alimentos naturais. Logo, é possível sim fazer a feira da semana, uma boa pedida são essas batatinhas orgânicas da-roça-porteña. 

A inspiração vem das feiras saudáveis que já rolam em NYC e em Londres: acesso gratuito, degustação de algumas coisinhas em determinados stands e muita comida boa para engolir sem culpa.

E ainda, rolam também palestras, aulas de yoga e meditação. Eu não sei como a galera consegue meditar nessa feira com tanta coisa gostosa, ok, meu altergo gordo é quem está falando no momento.

De tanto caminhar e me perder no colorido das barraquinhas eu fiquei com fome e parti pro stand do restaurante porteño Picnic e fui de hamburguesa de soja por 30 pesos. Já sei o que vou comer quando tiver vontade de ir num fast-food.

Depois eu voltei lá no stand do Möoi porque fiquei na vontade de provar o budín de banana deles. 15 pesos e um bolinho bem macio apesar de não parecer na foto.

Minha amiga ainda pediu um suco de melancia que quase não se vê na foto por conta da mão dela, foram 15 pesos também. 

E eu ainda provei a pasta frola deles. Uma espécie de massa integral com marmelada. Bem gostosa e muito diferente com massa integral. Essa foi só degustação grátis.

Depois perambulando me dei de cara com um carrinho de queijos franceses, de duas chicas francesas. Nosso famoso queijo coalho de praia. Desejei muito por 10 pesos.

E finalizamos com um senhorrrrr-meu-deus pedaço de bolo de chocolate úmedo com chantilly fresco e vegan com amoras e frambuesas. Pára tudo! Se a vida natureba for assim, eu viro adepta. Gente, sério, que coisa mais deliciosa da vida. Só esse bolo valeu por tudo!

Já feliz e sorridente, o charme da feira ficou por conta desse cidadão aí da foto que, segundo os pais, fugiu da aula para crianças sobre horta quando viu que do outro lado do parque estavam vendendo algodão-doce. Rebelde esse, e fofo.

A Buenos Aires Market rola uma vez por mês em diferentes pontos da cidade. A entrada é gratuita e tudo ali se paga com dinheiro, pesos.

Próximas edições:
Junho: 22 e 23 - Parque Rivadavia, Caballito
Julho: 13 e 14 - Bosques de Palermo
Agosto: 17 e 18 - Plaza San Martín
Setembro: 14 e 15 - Bosques de Palermo
Outubro: 12 e 13 - La Boca, Usina del Arte
Novembro: 23 e 24 - Bosques de Palermo
Dezembro: a definir
www.facebook.com/buenosairesmarket


Receba nosso conteúdo!

Digite um nome válidoDigite um nome válido
Digite um e-mail válidoDigite um e-mail válido

Cadastro efetuado com sucesso!

Erro no Cadastro!

Email já cadastrado!

Mail Chimp erro:

SP Amanda Mormito