12/06/2019

Bar do Alexandre: o botequim do bairro Menino Deus | Porto AlegreRS

Natália Frighetto

O QUE É: um bar que serve à la minuta, pastéis e cerveja bem gelada, no Menino Deus
IDEAL PARA: ir com os amigos a qualquer hora
PROVAMOS E RECOMENDAMOS: à la minuta com bife acebolado (R$ 17,90) e o pastel da casa de carne de panela com palmito (R$ 5)

Sábado de outono, daqueles de sol depois de uma semana de chuva na capital do gaúchos, hora de sair para a rua e tirar o mofo causado pela sequência de dias úmidos.

Coincidentemente, sábado é um dia que não tenho horário, gosto de fazer as coisas com calma e no meu tempo.  Aproveitei o dia de sol e marquei de almoçar com a Juju, minha amiga bailarina que também mora no bairro.  Saimos para caminhar enquanto conversávamos e, ao mesmo tempo, curtíamos o lindo dia de sol e friozinho que São Pedro nos presenteou.

Leia também
Damask: o restaurante árabe da Cidade Baixa | Porto Alegre
Heilige Brew Pub: happy hour cervejeiro no Menino Deus | Porto Alegre

A poucos metros de casa, bateu a lembrança no Bar do Alexandre, um bar com mesas na calçada, clima bom e pratos do dia com respeito. Comentei com a Ju que é boa de garfo e na hora começamos a nos deslocar para curtir nosso almoço de sábado de sol no outono.

O Bar do Alexandre é o típico lugar para ir a qualquer hora e em qualquer ocasião. Ambiente simples e acolhedor, ao chegarmos nos deparamos com o cardápio dos pratos do dia e já escolhemos a nossa mesa na rua.  Depois da caminhada no sol e papo longo pela frente, pedimos uma cervejinha para embalar nosso encontro.

Eu amo sentar na rua, ver o movimento e observar o vai e vem das pessoas.  De frente para o cardápio, fizemos o pedido das à la minutas. A menina que atende comentou que a porção era bem servida e nos orientou a escolher duas carnes porquê arroz, feijão, salada e batata frita dava tranquilamente para duas pessoas. Então, depois da da dica de ouro, escolhi como carne bife acebolado e a juju coraçãozinho com farofa.

Enquanto finalizávamos nossa primeira cerveja, chegou a tal à la minuta para duas pessoas (R$ 17,90).  Tivemos que abrir espaço na mesa para caber ela e os pratos. 

Também, a parte, os coraçãozinhos da Juliana que chegou no capricho e com farofa de bacon junto, fiquei com ciúmes mas, depois me lembrei que não gosto de miúdos.

A porção de salada tinha a maionese da casa, temperadinha com azeitonas, milho e ervilha com cara de feito em casa, combinou e muito com o bife.

Com a fome que estávamos, devoramos o prato como duas orgrinhas, porém acredito que isso seja um sinal de comida boa, não queríamos perder tempo para desfrutar o sabor. Terminamos os pratos, mais uma cervijinha e bateu aquela preguicinha de sábado de tarde. 

Na hora que pedimos a conta, a atendente mais uma vez nos surpreendeu e falou: "Gurias, vocês têm que vir à noite comer os nossoa pastéis". Ela mal falou, e eu gordinha e a Juju bailarina perna oca nos olhamos com olhar de confirmação e desejo por essa experiência.

Não demorou muito, e voltamos para comer o pastel (R$ 5 cada).  Como não somos bestas nem nada, escolhemos quase todos os sabores em uma tacada só, porquê o desejo era grande.  A Juliana não come queijo, diz ela, então pedimos sabores em conjunto e aqueles que cada uma ia comer inteiro.

Adivinha qual ela escolheu para comer inteiro? De coraçãozinho, não sei o que ela tem com essa iguaria.  Aproveitei e pedi de carne de panela e palmito porque gosto de experimentar os da casa.

Eles foram chegando, de mansinho, douradinho no ponto e identificados como um bar raiz, com uma papelzinho falando da ordem que os sabores estavam dispostos na travessa de alumínio.

O sabor da casa é o carne de panela, e tem a versão com palmito e manjericão também.  A carne vem desfiada, bem temperadinha e com um bela camada de palmito picado na lateral.  Uma montagem de quem se preocupou em organizar bem as coisas. 

Para finalizar um de carne tradicional, guisadinho com ovo, temperinho verde e molhadinho.  

Praticamente montamos um rodizio de pastel para nós mesmas.  Além das opções das fotos, ainda teve coraçãozinho e frango que a Juliana não abre mão, presunto e queijo, e corn e bacon, acompanhando de boa conversa e cervejinha gelada para embalar e ajudar com a quebra da gordura.

Com certeza voltaremos nesse lugar. Primeiro por ser perto de casa, segundo porque tem pastel e comida boa, terceiro porque ficamos sabendo que nas sextas tem música ao vivo para o Sextou e assim por diante.

BAR DO ALEXANDRE
Endereço: 
Rua Saldanha Marinho, 120, no bairro Menino Deus, em Porto Alegre
Telefone: (51) 3019-8081
Horário de funcionamento: de segunda a sábado, das 11h às 00h.

**
Se você gosta de comer e beber bem, e de falar sobre isso, vai gostar também do nosso podcast. O Foodcast é um papo descontraído da equipe de Destemperados sobre gastronomia, dá o play aí!

 

 

Receba nosso conteúdo!

Digite um nome válidoDigite um nome válido
Digite um e-mail válidoDigite um e-mail válido

Cadastro efetuado com sucesso!

Erro no Cadastro!

Email já cadastrado!

Mail Chimp erro:

RS Natália Frighetto