22/07/2016

Bodega de Véio leva tradição de Olinda para o Recife AntigoPE

Luísa Ferreira

Meio boteco, meio mercearia, a Bodega de Véio é uma instituição da boemia pernambucana. Sua versão original, em Olinda, reúne há décadas um público fiel que não recusa uma cerveja geladinha. E depois de abrir filiais em Serra Negra e nas Graças, o tradicional bar de Seu Hermínio chegou, este ano, à também tradicional Rua da Moeda, no Bairro do Recife.

Com mesas na calçada, em frente ao balcão e no primeiro andar, a casa mantém a atmosfera de mercearia, com prateleiras lotadas de itens diversos como leite, torradas, vinhos e biscoitos.

Sabe quando você precisa urgentemente de uma pilha, lâmpada, corda, traque de massa, ratoeira ou pião? :P Lá você encontra!

E também encontra, é claro, cervejas geladinhas, desde a Skol velha de guerra (long neck) a outras opções melhores tipo Original, Estrela Galicia e Heineken (600 ml), além de chopps de cervejarias artesanais como a Ekaut e vários destilados, drinques, vinhos e espumantes. Como eu costumo ir lá na hora do almoço durante a semana, não dá pra pegar pesado na seara alcóolica, então o foco são as comidas. Começando pelo sanduíche de pão francês com pastrami e queijo do reino, que me enche de água na boca só de pensar.

Repetiria esse sanduíche todo dia sem reclamar. Mas quando quero comer de verdade, minha aposta é sempre a macaxeira com carne de sol – ambas supermacias, fazem aquele combo perfeito com uma cervejinha. O prato é anunciado como petisco, mas serve de almoço pra até duas pessoas de ~apetite moderado~.

O cardápio continua com mais um monte de petiscos regionais. Na última visita, provei o arrumadinho de carne de sol, pedido por vários amigos. Zero reclamações da minha parte e da deles!

Outra galera pediu a feijoada, que vem com poucos acompanhamentos (só arroz e farofa), mas bem caprichada.

Já minha amiga Luciana, que é obcecada por sarapatel, pediu esse petisco e apostou que seria um dos mais gostosos da mesa e ainda sairia bem na foto. Parece que ela tava certa, né?

A conta ficou em torno de 25 reais a 30 reais pra cada um, mas melhor ainda do que pagar um valor razoável por um almoço caprichado em uma das regiões mais turísticas da cidade é fazer tudo isso se sentindo em casa. Afinal, na Bodega de Véio você pega sua cerveja na geladeira, tira onda com o garçom, se esparrama na cadeira, enche o prato de manteiga de garrafa e se lambuza sem frescura. É pra sair de alma leve e bucho cheio.

Bodega de Véio
Rua da Moeda, 162, Bairro do Recife
Recife/PE
Fone: (81) 3224-5183
Aceita cartões Master, Visa e Hiper

Receba nosso conteúdo!

Digite um nome válidoDigite um nome válido
Digite um e-mail válidoDigite um e-mail válido

Cadastro efetuado com sucesso!

Erro no Cadastro!

Email já cadastrado!

Mail Chimp erro:

PE Luísa Ferreira