09/01/2019

Brizza Forneria: ano novo, casa nova | Porto AlegreRS

Alice Castiel

Carregando a galeria...
Sgt. Pepperoni: uma delícia de se ver (e comer)
Sgt. Pepperoni: uma delícia de se ver (e comer)
A prata da casa: Margherita (com adicional de cogumelo)
A prata da casa: Margherita (com adicional de cogumelo)
Cheesechurri e a explosão de sabor
Cheesechurri e a explosão de sabor
Os mergulhos são uma alternativa maravilhosa para quem não come a massa "pura"
Os mergulhos são uma alternativa maravilhosa para quem não come a massa
Nova fachada da Brizza
Nova fachada da Brizza
Novo espaço agora com mesas dentro
Novo espaço agora com mesas dentro
Cozinha integrada com o salão
Cozinha integrada com o salão
Os detalhes por todos os cantos
Os detalhes por todos os cantos

POR QUE IR:
- Já não é de hoje que a Brizza caiu nas graças das pessoas. Eu, particularmente, que vou lá desde o primeiro dia, me sinto em casa. É o clima buena onda que Porto Alegre pedia tanto e finalmente foi agraciada.

- Em meados de 2017, a Brizza abriu as portas em pleno fervor da Avenida 24 de outubro em Porto Alegre. Ficava em uma garagem simpática, que contava com a presença do querido forno à lenha apelidado de Wilson, projetado exatamente para ocupar aquele lugar. Na Brizza de 2017 e parte de 2018, você encontrava um espaço reduzido, mas cheio de vida e personalidade. E, por ter vivido esse momento de “reconhecimento de campinho” entre Brizza e Brizzeiros que foi possível abrir a sua casa nova, não por coincidência, no mesmo endereço, só que agora com a grandeza que ela merece ter e com a Wilma, o novo forno à lenha.

- As pizzas, do estilo napolitano, têm nomes autênticos e sabores mais ainda. Ir na Brizza é um convite para uma experiência sensacional em termos de comer e beber.

 CLIMA DO LUGAR:
- O clima não pode ser melhor: a rua. Ar livre, gente conversando, de pé ou sentada nas mesas compartilhadas, ocupando aquele espaço entre a antiga Brizza e a nova Brizza, que só é separada pela simpática Barbearia do Naninho. É um cenário perfeito para um fim de tarde, acreditem em mim.

- Sempre que vou na Brizza penso em como um lugar democrático é um lugar feliz. Não preciso de mais nada no meu 2019 do que um restaurante que nos acolhe, e é isso que eu desejo para todos vocês também.

PROVAMOS E RECOMENDAMOS:
- Difícil responder porque, sinceramente, eu recomendo tudo. Tem pizza para todos os gostos. A minha preferida é a Sgt. Pepperoni (R$28) que, em vez de molho de tomate, leva um creme de moranga (SIM!), mozzarella, pepperoni, rúcula selvagem e azeite de oliva. Como cereja do bolo, eu ainda peço o adicional de cogumelos (R$5).

- A Brizza é bem preocupada com o descarte de lixo e desperdício. Pensando nisso, inventaram os mergulhos. De azeite e molho de tomate (R$5 cada). A ideia é que as bordinhas não sejam jogadas fora, ou seja, você pode aproveitar para mergulhá-las nos molhinhos. 

- Também está sempre nos meus pedidos a prata da casa: a Margherita (R$26), querida, tomatuda, queijuda e amorosa. Nos abraça com a consistência perfeita, parece uma dança do morder e mastigar.

- Além da delícia das pizzas, há boas opções de bebidas alcoólicas como as cervejas Heineken, Stella Artois e Original (R$7 cada) e vinho tinto e branco (R$10 a taça).  

- Hoje a Brizza tem sete pizzas no cardápio, contando com uma vegana, a Like a Verde (R$22); uma que mistura doce e salgado (ricota e gorgonzola + mel picante) e é uma explosão de alegria e sabor, a Mel Dels (R$25). Além dessas belezinhas, a Cogumadness (R$32), com cogumelos marinados e queijos, e a Purple Haze (R$30), simples que só ela (molho de tomate, pepperoni, cebola roxa e orégano fresco), mas que já tem seus pedidores oficiais. E, por fim, mas não menos importante, a última pizza que entrou nessa baita seleção: Cheesechurri (R$28), com creme de nata defumado, queijos colonial, fontina, provolone, grana padano e chimichurri da casa.

SÓ TEM LÁ:
- O clima descomplicado, definitivamente. A Brizza é feita para quem quer comer uma pizza boa e viver um momento feliz. Os sabores encantam os olhos e barrigas de quem conhece e isso já vale a ida.

- O Bread Pitzza. Se quiser levar o seu pão feito com a massa da pizza (R$5), leve seja feliz. Não é o máximo?

- Como 2019 já chegou com tudo, descobri que estão se planejando para abrir de segunda à sábado nos almoços. Hoje, eles só abrem no sábado, mas essa novidade é um alento para a nossa fome e para a nossa cidade.

IDEAL PARA:
- Ir a qualquer hora, com os amigos, happy hour, com a família; é pet friendly.

BRIZZA FORNERIA
Endereço: 
Rua 24 de outubro, 1409 – Bairro Auxiliadora, em Porto Alegre
Horário de funcionamento: de segunda a sábado, das 18h às 22h30min, e aos sábados, também das 11h30min às 14h30min.
Telefone: (51) 3573-5539 (quando estiver chovendo pode ligar e ir buscar a tua pizza)
Redes Sociais: @brizzaforneria

Receba nosso conteúdo!

Digite um nome válidoDigite um nome válido
Digite um e-mail válidoDigite um e-mail válido

Cadastro efetuado com sucesso!

Erro no Cadastro!

Email já cadastrado!

Mail Chimp erro:

Alice Castiel