08/04/2014

Buffet completíssimo no Sheraton da BahiaBA

Amélia Santana

A maioria dos soteropolitanos não se localiza por nomes de ruas ou números de imóveis. A gente sabe mesmo como encontrar um lugar pelas referências. Perto de onde? Ao lado de quê? Outra alternativa para chegar aos novos estabelecimentos é perguntar por seu nome antigo. Por exemplo, para ir almoçar no Sheraton, você deve perguntar: "Onde fica o Hotel da Bahia?".

Nesse caso, eu – que nasci, cresci e aprendi a dar direções aqui em Salvador – vou te dizer que o Sheraton fica no Campo Grande, perto do Passeio Público e antes do corredor da Vitória.

Daí você vai chegar ao hotel, recentemente adquirido e reformado pela rede Sheraton, que marca a nossa história, faz parte do patrimônio reconhecido oficialmente pelo estado e abriga obras de Carybé, Tati Moreno e Genaro de Carvalho.

Não precisava, porque o salão interno do restaurante já é bastante confortável, mas você pode aproveitar a varanda aberta, com vista para o Campo Grande.

Seria lamentável não ter acesso a tudo isso, só porque moro aqui e não sou hóspede. Ainda bem que o restaurante é aberto ao público diariamente e o almoço é uma delícia!

Recomendo segurar o impulso com um pãozinho da foto aí de cima, enquanto olha o buffet de pratos frios. Já que a apresentação é capaz de influenciar o apetite, pode vir sem fome que aqui tudo é caprichado na beleza.

Eu, que nem preciso de estímulo para comer queijos, quase enchi o prato.

Fiquei encantada com as mini porções, tão bonitinhas e individualmente deliciosas. Quem me faz ter vontade de comer vinagrete de quiabo merece 10 prêmios.

Passando aos pratos quentes, todas as vezes em que estive lá tinha um preparo diferente de pato. Talvez exista outra explicação, mas acho que é um convite para a Lígia!

A brincadeira começa a ficar séria quando passamos aos rechauds. Podem me julgar, mas eu seria capaz de abri-los inúmeras vezes só pra sentir o aroma de cada prato se espalhando no ar.

Em cada panelinha, uma surpresa: massas, molhos, legumes, carne, peixe... As opções mudam a cada dia, mas, só pra vocês terem uma noção, já experimentei os legumes na manteiga.

Provei também os básicos e essenciais, como arroz e feijão.

E a alcatra na manteiga de alho, um dos preparos com carne vermelha.

Sem esquecer os diversos condimentos disponíveis. Se não estiver legível, aí tem conserva de chalotas, pimenta malagueta, farinha de mandioca, farofa de calabresa, cebolas ao vinho...

Até aqui, tudo tranquilo, certo? Pães, entradinhas, saladas, seguidos de uma (ou três) visitas aos pratos quentes e chegamos ao momento mais esperado: buffet de sobremesas.

Sim, porque não estamos falando de duas ou três opções... São dezenas! Se eu listar, só consultando a memória, vou falar de gelatinas, cocadas, mini tortas doces e salgadas, mousses e ainda não serei verdadeiramente justa com a variedade, entendem?

E já que não fotografei os meus pratos anteriores, aqui vai o último, só pra mostrar as sobremesas mais de perto. Tão bonitas, tão coloridas, tão saborosas! 

Quase esqueci que estávamos no meio da semana e eu ainda precisava voltar ao trabalho. A minha vontade era pedir um quarto e tirar um bom cochilo. Sonhos à parte, pedi um café pra retomar a coragem.

Se as acomodações forem tão boas quanto essa refeição, já vou recomendar o hotel inteiro. O almoço, de segunda a sexta, tem preço fixo de 50 reais por pessoa.

Sheraton da Bahia
Av. Sete de Setembro, 1537 - Campo Grande
Salvador/BA
Fone: (71) 3021-6700
Aceita todos os cartões
www.sheratondabahia.com 

Receba nosso conteúdo!

Digite um nome válidoDigite um nome válido
Digite um e-mail válidoDigite um e-mail válido

Cadastro efetuado com sucesso!

Erro no Cadastro!

Email já cadastrado!

Mail Chimp erro:

Amélia Santana