14/05/2019

Capincho: gastronomia com influências sulistas no 4º distrito | Porto AlegreRS

Júlia Guzenski

O QUE É: bar descomplicado localizado no Quarto Distrito, que oferece comidas e bebidas com influências sulistas
IDEAL PARA:  happy hour com os amigos, a dois, para comer e beber bem
PROVAMOS E RECOMENDAMOS: pancho do Pepe (R$28), pudim (R$18) e Lillet Vive (R$35)

Desde o final do ano de 2018 havia um burburinho na cidade acerca de um novo estabelecimento chamado Capincho. O perfil no instagram mostrava o dia a dia das obras que deixariam o casarão em uma esquina do Quarto Distrito com uma das decorações mais legais da cidade. Misturando elementos como couro, madeira e ferro, a pegada industrial contrasta lindamente com as plantinhas, a iluminação aconchegante, e claro, o cactos gigante da entrada.

Capincho é sinônimo de capivara, e essa denominação é usada principalmente aqui no sul do Brasil, no Uruguai e na Argentina, que são as regiões que exercem influência em toda a proposta do bar. A identidade sulista está presente na decoração, na forma de preparo e ingredientes das comidas e bebidas, e até mesmo no nome dos drinks no cardápio. O novo bar é uma parceria entre o chef Marcelo Schambeck do Del Barbiere – bistrô que fechou as portas no ano passado e deixou saudades - a jornalista Flavia Mu e Fred Müller, proprietário do Olivos 657.



Leia também:
Restaurantes que aceitam vale refeição em Porto Alegre
Capincho: gastronomia com influencias sulistas no 4º distrito | Porto Alegre

Começamos por um dos carros-chefe da casa, a milanesa para compartilhar (R$56), o bife à milanesa vem numa tábua de madeira acompanhada de tomatinhos e burrata, ótima opção pra dividir com os amigos.

Como a fome era grande, seguimos pedindo tudo que tinha no cardápio, uma baita pedida para quem está em um grupo maior é pedir a linguicinha (R$44), que vem acompanhada de um delicioso vinagrete de pimentão queimado e farofinha, uma D E L Í C I A.

Experimentamos também o famoso pancho do Pepe (R$28), que foi o meu preferido inclusive. Digo famoso, pois antes mesmo de o Capincho existir, os donos já sabiam que ele estaria no cardápio, tamanha aceitação que o pancho já teve em eventos externos. O pão leva linguiça, molho de queijo de cabra, cebola frita e cebolinha, tudo muito saboroso e cheio de personalidade.

Outro prato que apresenta uma mistura irresistível de sabores e que agrada muito o meu paladar foi a brusquetta de lula (R$42), que vem montada em um pão levain super macio e sem aquelas cascas duras que às vezes fica até difícil de morder, lulas salteadas com pesto, uvas verdes e um parmesão ralado beeem fininho. Mistura de texturas e sabores que me conquistou!

Leia também:

Restaurantes que aceitam vale refeição em Porto Alegre
Capincho: gastronomia com influencias sulistas no 4º distrito | Porto Alegre

Além disso tivemos a oportunidade de provar os pasteizinhos fritos (R$22) com um recheio super inusitado com escarola, cebola e uvas passas. O cardápio ainda conta com o queijo frito (R$28), que é um sanduíche com queijo colonial empanado, picles de beterraba, saladinha de repolho e cebola roxa e também croquetes de cordeiro (R$48) com maionese de limão.

Agora vamos falar das bebidas! Primeiramente, quero dizer que amo bares abertos e bem decorados, em que podemos assistir os drinks serem preparados. Nesse ponto, o Capincho me fisgou de vez, o bar é lindo e os drinks deliciosos! A carta de bebidas também conta com cervejas artesanais e vinhos que são divididos em: naturais, locais, vizinhos e convidados. No instagram do bar são compartilhados novos rótulos que entram no cardápio – que prioriza vinhos brasileiros, argentinhos e uruguaios.

E sobre os drinks? Vou destacar aqui meus preferidos, mas o cardápio conta com 10 opções com ingredientes inusitados e misturas que deram muito certo. O Lillet Vive (R$35) é uma das opções mais pedidas e é feito com Lillet, um vinho aperitivo, tônica, pepino, morango e hortelã.

Outro que adorei por misturar várias coisas que eu amo foi o Mate (R$28), drink com vodka, xarope de mate, limão e água de coco. Tomaria o dia todo, fácil fácil.

Leia também:

Restaurantes que aceitam vale refeição em Porto Alegre
Capincho: gastronomia com influencias sulistas no 4º distrito | Porto Alegre

Experimentamos também o Nordés (R$35), elegante e super refrescante, vem servido em uma taça e leva gin Nordés, tônica, uva e louro. Para fechar, tomamos o Pimm’s & Lemonade (R$35), com a bebida Pimm’s, que pode ser considerada um licor à base de frutas, morango, pepino, laranja e hortelã.

Para fechar com chave de ouro, vamos aos doces! A torta de chocolate (R$18) com avelã e caramelo salgado dividiu opiniões, é bastante densa e o contraste com o caramelo fez alguns torcerem o nariz, mas eu que adoro o contraste de sabores adorei, inclusive levei algumas fatias pra casa. Me senti obrigada a fechar essa experiência maravilhosa com aquele que foi um dos melhores pudins que já comi (R$18) – e olha que me considero PhD em pudins. Mais bonito que muita gente, ele não tem NENHUM FURINHO e não é doce demais, eu amo e apoio que todos os pudins do mundo sejam assim.

Um lugar com identidade, que oferece uma diversidade de sabores, drinks surpreendentes e que vem para impulsionar ainda mais a revitalização desse lugar com tanto potencial na nossa cidade que é o Quarto Distrito. Vida longa ao Capincho!

CAPINCHO
Endereço: Av. São Paulo, 901 - São Geraldo
Instagram: @capinchobar
Facebook: facebook.com/capinchobar
Telefone: (51) 99754-9398
Horário de funcionamento: de quinta-feira a sábado, das 18h às 23h.
 

O Destemps agora tem um podcast! O Foodcast é nosso bate-papo semanal sobre o mundo da gastronomia. Escuta aí:

Receba nosso conteúdo!

Digite um nome válidoDigite um nome válido
Digite um e-mail válidoDigite um e-mail válido

Cadastro efetuado com sucesso!

Erro no Cadastro!

Email já cadastrado!

Mail Chimp erro:

RS Júlia Guzenski