26/11/2013

Decata, a Provence porteñaAR

Amanda Mormito

Palermo é um bairro já tão mastigado de Buenos Aires que quase não há coisas novas. Mentira. A inflação que está rolando por aqui é real e com isso muitas coisas fecham, mas outras continuam firmes e fortes, e outras ainda – olha só – até abrem. Nessa onda de tentar desbravar um bairro que nunca está igual, a Paul French Gallery sempre foi meu achado particular, achado tão meu que eu só levei (até ano retrasado) gente que merecia ser levada lá. O local funcionava só como uma loja de decoração, que abriu espaço para uma loja de chá incrível, a Tealosophy, depois uma floricultura e, agora, um cafecito. O Decata.

Paul é cheio de mimos e frescuras. Quem passa pela frente não diz que aqui dentro tem de tudo, e que o local mais se parece a um sonho perdido. Cheio de encanto.

A visão que você tem depois de passar o corredor cheio de plantas e luzes natalinas, é esse aqui da foto abaixo: um espaço minúsculo preenchido com algumas cadeiras da loja, um stand com patisseries e a certeza de que você não, não está na América Latina.

Ô jeito certo de misturar nessa viela tudo que há de mais lindo! Chás artesanais, flores frescas, loja de décor cool e ainda um café com mimos gostosos. Dá até uma sensação de que você está entrando na casa do Sir Paul, porque né, dá uma olhadinha nesse vaso com morangos caindo.

Tudo é muito perfeito por ali que você fica na dúvida: comprar primeiro ou comer.

Mas com essa visão do stand do Decata por lá, não há ser humano que resista a uma paradinha obrigatória. Modéstia à parte, eu amei essa foto: demonstra bem o tipo de lugar que eu quero transmitir para vocês nesse post. Algo cool, simples. Notem que não há muita variedade de gordices, é como se estivesse traduzindo o estilo de vida bon-vivant, uma pessoa que passa a tarde por aqui lendo o jornal do dia, ou alguma novela, tomando um café e beliscando algo que pode durar horas e horas.

O primeiro dia que eu fui fazia calor e a limonada da casa parecia a escolha certa. Refrescante.

Esperei o gosto azedinho do limão ir embora, enrolei um pouco por lá, escutando John Mayer que tocava na casa e fui de cuadrado de mousse de chocolate y dulce de leche con nueces. Não é tão doce quanto parece, e é delicinha como aparenta a foto.

Fui embora naquele dia querendo voltar à noite depois. Foi o que eu fiz. Retornei porque queria provar um dos chás do menu. Os da marca Tealosophy são, na minha opinião, os mais gostosos à venda por aqui. Há uma variedade enorme de chás e você pode até montar o teu. Eu fui de um que tinha lavanda (amo lavanda), com rosas e blueberry. Combinação bem cheirosa e relaxante.

Acompanhei com medialuna rellena de jamón y queso. Ai, quem não ama doce com salgado?

Pedi uma das tortas do menu que era de chocolate com avelãs. Beeem doce, consegui dar umas três colheradas razoáveis e senti que tinha comido minha cota de açúcar do ano. Mentira.

E ainda provei a cheesecake clássica que estava deliciosa. Muito fresca, doce na medida certa e virou uma das minhas cheesecakes preferidas da cidade.

Sabe quando um lugar vale a pena pela experiência toda? Então a combinação Decata e Paul French Gallery é assim. Sem mais nem menos, ainda é um esconderijo delicioso por Palermo. Na primeira ida a conta ficou em 60 pesos, e, na segunda, paguei mais ou menos 140 pesos

Decata - Paul French Gallery
Gorriti 4865 - Palermo Soho
Buenos Aires/Argentina
Fone: (54 11) 4833-5157
Aceita cartões Visa, Master e American Express
www.facebook.com/decata-at-paul-deco

Receba nosso conteúdo!

Digite um nome válidoDigite um nome válido
Digite um e-mail válidoDigite um e-mail válido

Cadastro efetuado com sucesso!

Erro no Cadastro!

Email já cadastrado!

Mail Chimp erro:

SP Amanda Mormito