10/04/2013

Dia de chatarra no SujinhoFree Pass

Lela Zaniol

Depois de passar um tempo sem dar o ar da graça por aqui, volto com força total e espero que com mais frequência. Não pensem que só porque não postei mais, que parei com minhas andanças pelos restaurantes desse mundão velho sem porteira.  Só dei um tempo mesmo. Anyway, foi num dia daqueles mais quentes que a sauna do capeta que eu e o Diogo fomos conhecer o famoso Sujinho.

São quatro endereços desse tradicional restaurante: três na Rua da Consolação, e um na Avenida Ipiranga. Fomos num da Consolação, não me pergunte qual, vivia uma ressaca sem comparação nesse dia, sorry, meu jeitinho. Mas pelo que sei todas as casas mantém o mesmo padrão, então não tem erro.

Se o Sujinho fosse uma pessoa certeza que seria um queridão, sabe!? Daqueles tipos que é amigo de todo mundo e que tem sempre uma birita na geladeira e um pratinho a mais pra botar na mesa. 

Logo que chegamos já veio um couvert pra dar uma animada na maledeta ressaca. Aquela coisa: pão, um queijo e uma saladinha pra dar um susto no figueredo que passou a noite sendo punido pelo vinho.

Ir no Sujinho e não comer a famosa Bisteca Bovina seria um sacrilégio. Jamais cometeríamos esse erro e pedimos logo uma. Na verdade o endereço dessa bisteca era a fome monstra do Diogo, eu provei e aprovei, mas o mérito de deixar o osso lustro foi todo dele.

Ainda mandou ver num arroz à grega para dar o arremate no molho que a carne suculenta deixou no prato.

E, claro que um ovo frito também fez companhia e fechou a tríplice coroa: arroz, carne e ovo frito! #adeus

Eu, mais fresca e chata, (me deixem!) pedi um bife à parmegiana que não fez feio. Nem no sabor e muito menos no tamanho. Tanto que ainda levei pra casa e garanti o jantar.

Muitas águas e refrigerantes depois pagamos os 52 reais cada e um e fomos embora prometendo voltar sempre que bater aquela fome, mas ohhh:

Passem num caixa eletrônico ou peguem uma folha de cheque (que ano é hoje?). Vale muito a pena e esse inconveniente do cartão passa despercebido e o que fica é uma ótima experiência.

Sujinho
Rua da Consolação, 2068 - 2078 - 2063
Av. Ipiranga, 1058
São Paulo/SP
Fone: (11) 3231 5207
Não aceita cartão
www.sujinho.com.br


Receba nosso conteúdo!

Digite um nome válidoDigite um nome válido
Digite um e-mail válidoDigite um e-mail válido

Cadastro efetuado com sucesso!

Erro no Cadastro!

Email já cadastrado!

Mail Chimp erro:

RS Lela Zaniol