29/10/2014

Jai-ca, o queridinho de BarcelonaFree Pass

Diogo Carvalho

Aprendi com o meu mestre Riq Freire que voltar a uma cidade é tão bom quanto conhecer uma nova. Ele inclusive defende essa teoria com vários argumentos, todos inquestionáveis.

Por exemplo, quando voltamos a uma cidade, nos sentimos muito mais confortáveis com ela; não precisamos fazer nenhum programa burocrático do turista de primeira viagem; transitamos com muito mais calma possibilitando observar cada detalhe com outros olhos; aprendemos todos os atalhos do lugar e com isso acabamos descobrindo novos pontos de interesse; enfim acho que já convenceu, né?

Isso fez com que voltar a Barcelona fosse tão bom quanto da primeira vez, quando passei pela cidade com pressa apesar de ter ficado cinco dias, e tinha outras prioridades que não envolviam gastronomia.

Quando o cara se sente mais à vontade começa a ir cada vez mais longe, saindo do olho do furacão. Com isso, passa a encontrar cada vez menos turistas, e mais moradores. Dá uma sensação legal, a gente vive a verdadeira cultura da cidade e sente, pelo menos por poucas horas, como seria viver por lá.

Foi assim que chegamos ao Jai-ca, um bar de tapas em Barceloneta que deve ser tipo o Tuim deles, tipo o Jobi deles, tipo o Botequim do Hugo deles. Imagine algo bem nesse nível. É tido como o queridinho dos moradores, além de ser um dos bares de tapas melhor avaliados pelos próprios catalães.

Quer aprender como curtir melhor um boteco? Sente-se no balcão! Não tem erro, é infalível e fará com que a experiência seja ainda mais autêntica, porque é o jeito de bater um papo mais tranquilo com o garçom a fim de saber o que há de melhor, assim como com o rapaz das bebidas, que acaba sempre servindo um chorinho para os mais chegados. Pena que dessa vez não deu, o balcão era bem mais disputado que as mesas. Prova cabal do selo de qualidade old school do lugar. Imagina só o tanto de história que sai de um balcão desses por noite!

Ficamos numa mesa na calçada curtindo a noite agradável que fazia, e fazendo de conta que éramos um deles. Prova disso foi o vinho rosé da casa que pedimos.

Só faltou arriscar uma que outra palavra em catalão, enquanto o máximo que conseguimos foi arranhar um espanhol mequetrefre, porém pronunciando C e S com a lingua entre os dentes. Faz diferença. Foi com esse sotaque que pedimos a primeira tapa da noite, calamares a la romana.

Papo vai, papo vem, foi a vez da Chistorra, conhecida mundialmente por Choripán, ou pão com linguiça. Você escolhe o jeito mais conveniente de chamá-la.

Neste momento, a Re já estava plenamente satisfeita e eu, vivão da silva. O problema é que uso um método que costuma me deixar angustiado. Pergunto sempre quais são os carros-chefe da casa, e depois cruzo essa informação com o levantamento que faço observando o que a galera da volta está comendo. O resultado disso é sempre uma maratona de comida. Aí veio um grupinho de buñuelos de bacalao.

Qual a possibilidade de não pedir pulpo a la gallega? Zero. As batatas eu passei porque pra mim batata é que nem borda de pizza, descarto para ocupar menos espaço.

A essas alturas já haviamos feito amizade com todos os garçons, combinado de pegar praia com um pessoal da mesa do lado e adicionado no Facebook o casal que tava na fila de espera. Portanto, era sinal de ir embora antes que destoássemos mais ainda. Mas não sem antes pedir umas gambitas a la planxa. Mira o tamanho das crianças. Se notava pelo paladar que tratava-se de camarões frescos, e não congelados. Por sinal, era o que sentimos em absolutamente todas as tapas!

Cinco tapas e uma ampolla de vinho rosé da casa custaram exatamente 41 euros. Frequentar lugares típicos da galera da região é bom também para gastar pouco. Por 41 euros na Rambla dá para comer no máximo dois números do Mc Donald's.

Tapas Bar Jai-ca
Carrer de Ginebra, 9 - Barceloneta
Barcelona, Espanha
Fone: +34 933 19 91 64
www.barjaica.com
Todos os cartões

Receba nosso conteúdo!

Digite um nome válidoDigite um nome válido
Digite um e-mail válidoDigite um e-mail válido

Cadastro efetuado com sucesso!

Erro no Cadastro!

Email já cadastrado!

Mail Chimp erro:

Diogo Carvalho