29/04/2014

La Petite Venise, o charme do Castelo de VersaillesFree Pass

Amanda Mormito

Caros e caras, é com muito prazer que hoje venho lhes apresentar o La Petite Venise. Deixando a phynesse de lado e baixando pra realidade, o almoço do dia é para fazer qualquer um desejar um teletransporte para a França.

É certo que a maior parte dos restaurantes que ficam no meio do burburinho turístico são ruins. Eu sei. Vindo ainda de Buenos Aires dá para contar em uma mão só os restaurantes em Puerto Madero, por exemplo, que valem a pena. Deixando isso de lado e contrariando minhas expectativas, esse luxo no meio do jardim de Versailles me chamou atenção.

O La Petite fica perto do Bosquet de L'Encelade e reina ali uma paz deliciosa. O tempo realmente para e eu não tive vontade de sair dali por um bom tempo. Só de ficar imaginando as histórias que por ali passaram, e o peso cultural que o entorno tem, fez a experiência muito mais valiosa.

De qualquer maneira, eu fui para comer, claro. Me sentei à mesa, sozinha e esperei pela atenção super cordial do garçom. 

O menu tinha opções variadas, com pratos do dia e com cara de "tudo é gostoso". Demorei para decidir e ia me apaixonando cada vez mais toda vez que alguém vinha me deixar na mesa uma água acompanhado de mademoiselle.

Enfim, primeiro chegaram os pães. Bem quentinhos, suaves, macios e apetitosos. Acompanhados de manteiga feita na hora, claro.

Pedi um vinho branco maravilhoso que depois corri ao mercado para comprar, era o 2000 Chateau Rieussec, Sauternes. Virou um dos meus vinhos preferidos, acho que vou ter que ir morar na Franca, como faz?

Enfim, tinha pedido no dia o prato sugestão, que era filé mignon com purê de batatas e cenouras com molho agridoce. Meudeus, meudeus, meudeus. Juro que estava na fase da viagem que não aguentava mais comer, mas comi tudo e ainda comeria mais. Gula pura, eu sei. Mas a carne era tão macia, o purê de um sabor tão intenso e ainda o perfume que reinava no prato era algo incrível.

Saí meio cambaleante do Petite, me sentei nos banquinhos disponíveis do Versailles e desejei ser Antonieta para ir para o quarto e dormir, mas não sou Antonieta.

Conclusão: sai de lá direto para a Ladureé que fica dentro do Castelo, comprei uma caixinha de doces e fiquei observando o Trianon enquanto comia um macaron de nome Antoniette.

Ai, Versailles. Você vale muito mais que 40 euros (almoço) e 13 euros (caixinha de macarons).

La Petite Venise
Parc du Château de Versailles  - Allée d'Apollon
Versailles/França
Fone: 01 39 53 25 69
Aceita cartões Visa e Master
www.lapetitevenise.com

Receba nosso conteúdo!

Digite um nome válidoDigite um nome válido
Digite um e-mail válidoDigite um e-mail válido

Cadastro efetuado com sucesso!

Erro no Cadastro!

Email já cadastrado!

Mail Chimp erro:

SP Amanda Mormito