31/01/2017

Le Grand Burger: o hambúrguer que mora no meu coraçãoRS

Bianca Smaniotto Netto

Existem lugares que simplesmente moram nos nossos corações. São daqueles que nos sentimos abraçados quando chegamos e que bate até uma tristeza quando é hora de ir embora. Para mim, um desses lugares é o Le Grand Burger.

Inaugurado em 2012, o Le Grand conquistou não só o meu coração gordinho, mas o coração de muitos porto-alegrenses com a mistura de ingredientes diferentes, pãozinho sempre fofinho e carne temperadinha. Além, é claro, das famosas batatas e do misterioso molho que, de verdade, para mim é o melhor e não tem para ninguém! Não é a toa eles foram escolhidos o melhor hambúrguer da cidade por três vezes consecutivas. Eita!

Mas calma lá! Antes de irmos aos comes e bebes, vamos conhecer o local, amigos! Para quem nunca foi (o que tá esperando esse serzinho? Eu sinceramente não sei) a primeira dica é: chegue cedo ou reserve! Sim, como todo bônus tem o ônus, no Le Grand a fila é grande. Mas vale a pena! E se conseguir uma mesinha do deck então, melhor ainda.

Aproveita e já dá um oizinho para o seu Carlos ali na entrada (ou no caixa, onde ele frequentemente está). Seu Carlos é a simpatia em pessoa e parte da alma do Le Grand! Aliás, toda equipe é sempre muito simpática e atenciosa, um dos pontos altos da experiência por lá.

Mas, se não rolou a mesinha no deck, não se entristeça, amiguinho. O espaço interno também é lindo. Começando pelo salão de baixo. Menorzinho, e dividido em dois espaços, mas não menos fofo e aconchegante.

Uma passadinha na frente da cozinha e logo subimos para o segundo andar da casa. As fofuras continuam no caminho. Detalhes são muito amor, né?

E fica mais uma dica. Preciosa, eu diria. Cuida a cabeça ao subir as escadas.

O espaço de cima é um pouco mais amplo, com duas salas e as mesmas cores e decoração para nos lembrar que estamos na França. Ops, não.

A noite era de happy das gurias, então enquanto a gente esperava o resto da galera chegar, nada mais justo do que uma cervejinha, certo? E umas batatinhas, para não beber de barriga vazia. Só por isso.

Mais uma diquinha: o hambúrguer já vem com batatas, mas caso você seja esfomeado como eu e não pode esperar a galera chegar para depois decidir o pedido, vale a pena. A porção é bem servida e dá para escolher entre a rústica comum ou a batata doce. Não importa qual a pedida, passa no molho e seja muito feliz.

O Le Grand é um lugar tão frequente na nossa agenda de happy hour que todas já tem os seus preferidos, então as escolhas até foram rápidas! Começando pelo hambúrguer que, para mim, é a estrela da casa: o Délices D’Abricots. Delice, pros íntimos. Um hambúrguer de entrecot no pão preto, com molho LGB, mesclun de alfaces, tomate-cereja, cebola roxa, queijo camembert, brotos de alfafa e chutney de damasco.  

Mas, como food hunter que sou, já que esse já era um dos pedidos da mesa, resolvi ir de L’Incedie. Hambúrguer de entrecot com queijo reino, bacon e molho de wasabi com pimentas e tomilho. D-e-l-i-c-i-o-s-o. Sente a lindeza.

A próxima escolha da mesa foi o Oignon Spécial, com cebolas empanadas, shoyo e mel, queijo mozzarella e creme fresco com limão.

Tá pouca delícia? Sente mais de perto, então.

Seguindo o desfile de gostosuras, vamos para o preferido da Dami: o Ananas Sensationnel. Não precisa nem explicar muito, a foto diz tudo. Mas para quem está curioso: hambúrguer de entrecot no pão branco, molho LGB e molho estilo ketchup, com mesclun de alfaces, tomate cereja, queijo prato e, ele, o abacaxi!

E segura aí que tem mais! Vamos ao Le Louíse, com queijo emental, cebolas refogadas e presunto parma. Afes!

A próxima da mesa, a Lala, apesar da heresia de não comer nem molho e nem queijo, foi bem no pedido e mandou um Le Bacon, com cogumelos, bacon e queijo camembert. Sem economia no bacon!

E, por último, mas não menos importante, o Tour Eiffel! Um clássico, esse foi o primeiro hambúrguer da casa, com queijo prato, molho LGB e e manjericão.

Ufa. Agora acabou! E não, não zeramos o cardápio da casa nesse dia. Pois é, ainda tem várias opções além dessas e o hambúrguer do mês! O que é ótimo, porque é sempre uma desculpa para voltar. Não que a gente precise disso no Le Grand! A conta ficou em torno de R$40 por pessoa, e o coração saiu mais uma vez estourando de amor e felicidade.

Le Grand Burger
Rua Marques do Pombal, 191 - Moinhos de Vento
Porto Alegre/RS
Fone: (51) 3395-1520
Aceita cartões Visa e Master
www.legrandburger.com.br

Receba nosso conteúdo!

Digite um nome válidoDigite um nome válido
Digite um e-mail válidoDigite um e-mail válido

Cadastro efetuado com sucesso!

Erro no Cadastro!

Email já cadastrado!

Mail Chimp erro:

RS Bianca Smaniotto Netto