27/07/2012

O café especial do Coffee LabSP

Lela Zaniol

Foi em uma dessas idas à São Paulo que descobri o Coffee Lab. Na verdade quem descobriu foi o " style="color:#ff6600">Diego, mas dá no mesmo. Entendo pouco (quase nada) sobre café, mas é um assunto que sempre me interessou e logo que o Diego comentou comigo mais ou menos qual era o esquema do Coffee Lab, nem pensei duas vezes e topei o programa na hora.

Quem manda no campinho é a Isabela Raposeiras que pelo que ouvi, é referência no assunto. Logo na entrada o aroma da torra do café já toma conta e dali pra frente a experiência fica cada vez mais sensorial.

Na parte interna funciona o “laboratório” de fato. Com mesas para o público e o “palco’’ dos talentosos baristas ao fundo. Aliás, odorei a definição deles para o lugar: “Um laboratório de sensações. Um espaço único. Uma escola de baristas. Uma cafeteria especial". É nesse espaço que a magia acontece. É ali que eles fazem todo processo, desde a torra até o preparo do café. Eles trabalham sempre com lotes pequenos de café justamente para poder acompanhar o grão desde o pé até o consumidor final.

Olha só que bacana, tem água filtrada pro povo! Basta levantar o buzanfam da cadeira e se servir a vontade.

Bom, nosso negócio ali era aprender e conhecer, mas também era comer alguma coisinha e tomar um bom café. Então, depois de ouvir atentamente as regras, fomos lá fora e escolhemos uma mesa na sombra de todo aquele verde que vocês viram na segunda foto.

O Diego que estava mais engajado pediu um café (não lembro qual) e teve que escolher entre três métodos: aeropress, coado ou french press. Dá uma conferida pra ver do que se trata.

Eis que era o tal aeropress que o barista tirou ali na nossa frente. Um sucesso!

Eu fui no simples e infalível pingado da padoca. Me julguem, tô nem aí!

Já tínhamos tomado café da manhã, mas não somos de perder a viagem, então de um lado da mesa uma sobremesa matinal: brigadeiro de café para o menino Diego. Só que eu, gênia que sou, consegui ficar tão ocupada com o meu pão orgânico bem quentinho, com manteiga, requeijão, geléia e mel que esqueci de fotografar o doce.

Ainda sobrou espaço para dividirmos um delicioso bolo de milho. Dos melhores dos últimos tempo, preciso confessar.

Sabe aqueles lugares que te fazem sentir tão bem a ponto perdemos a noção do tempo!? Pois é, ali é assim, não dá vontade de ir embora. Olha bem a preocupação do povo...

Mas enfim, não podíamos ficar ali pra sempre, então fizemos umas comprinhas antes de ir embora, e depois pé na tábua.

Essa experiência toda custou cerca de 40 reais e valeu cada centavo. Poder aprender e experimentar coisas novas é sempre um privilégio e ver o cuidado a o amor que eles tem pelo café me fez querer voltar ali muitas outras vezes para poder provar o cardápio.

Coffee Lab
Rua Fradique Coutinho, 1379 - Vila Madalena
São Paulo/SP
Fone: (11) 3375-7400
Cartões: Visa e Mastercard
www.coffeelab.com.br


Receba nosso conteúdo!

Digite um nome válidoDigite um nome válido
Digite um e-mail válidoDigite um e-mail válido

Cadastro efetuado com sucesso!

Erro no Cadastro!

Email já cadastrado!

Mail Chimp erro:

RS Lela Zaniol