04/08/2012

O menu degustação do Hernán Gipponi RestaurantAR

Destemperados

Sarah Galvão é uma carioca quase paulistana que mora em Buenos Aires há 1 ano e meio. Apaixonada por comida e internet, tem um blog de restaurantes que visita pelo mundo, o From the World. Direto da capital portenha, a Sarah nos enviou esse ótimo post, que hoje publicamos aqui.

Para quem está em Buenos Aires e já cansou de tanta carne, empanadas e massas, vai encontrar no Hotel Fierro um jantar inesquecível.  O já famoso restaurante de Hernán Gipponi é o que os argentinos chamam de “comida de autor”: pratos criativos e bem diferentes do dia-a-dia do portenho. Depois de ler tão bem sobre o lugar, decidimos jantar numa sexta-feira por lá. Ligamos e tinha reserva para o mesmo dia. Sorte? Bem, sorte a nossa de comer um menu degustação tão delicioso!

O restaurante de Hernán Gipponi não está na boca do povo à toa. Para quem se hospeda no Hotel Fierro é perfeito ter um restaurante fantástico logo no andar de baixo. Dizem, inclusive, que o brunch é atualmente o melhor da cidade. Mas isso ficou para outro dia, já que naquela ocasião resolvemos provar o menu degustão com 9 passos. Sim, 9 passos!

Ficamos quase 4 horas no restaurante. Mas quando tudo é perfeito, a gente nem sente o tempo passar.

É possível fazer harmonização de vinho com cada um dos pratos, mas decidimos pedir uma garrafa que saía mais em conta: 90 pesos por um vinho maravilhoso, o Las Perdizes Pinot Noir.

A carta de vinhos é um aplicativo de ipad, toda moderna.

Vamos ao que interessa, porque afinal são 9 pratos! Mas antes o couvert. Pães gostosos e quentinhos. As manteigas são saborizadas, mas bom mesmo era o azeite e os sais especiais servidos juntos com eles.

Começamos com o creme de abóbora assada e laranja. À parte, cebola e pão fritos e uma bolinha de queijo de cabra. Misturados, o queijo de cabra derretia com o calor da sopa e a cebola e o pão davam uma crocância deliciosa. Era uma sopa cheia de sabor e cremosa. A erva por cima dava um toque oriental. Ótimo começo e perfeito para uma noite de inverno.

Ainda nas entradas, uma salada com maionese de anchovas e alcaparras com frango. Não sou muito fã de frango, mas esse era macio, suculento, se desmanchava. Cozido no ponto perfeito!

Esquentando um pouquinho, camarões de Puerto Madryn com purê de alho, tomates e manjericão. Gostoso, mas os pratos anteriores estavam melhores.

O ovo cozido à 68°C com hummus, bacon crocante e caldo de galinha estava divino. A gema do ovo misturada com o hummus e o bacon estavam matadores.

Mais outra carne cozida à perfeição, dessa vez algo nada argentino como o frango:  linguado. Com tomates, tofu frito e mexilhões. Surpreendente comer um peixe tão bem feito, gordinho e molhado em Buenos Aires.

Um dos pontos altos, o risoto de pato com cogumelos e abobrinha. Fantástico!

Surpreendentemente, a vitela não fechou com chave de ouro. Estava tudo tão maravilhoso  e as carnes tão bem feitas que esperávamos mais de algo tão tradicional argentino. Estava um pouco salgado e também pesado, já que tinha milho.

Depois de 7 pratos, já estávamos levantando a bandeira branca. Mas aí veio o creme com sorbet de morangos, manga e uma farinha crocante de chocolate. Lindo, gostoso e leve. Preparação para o grande final.

E para fechar uma sobremesa inusitada e perfeita, totalmente diferente do onipresente dulce de leche: espuma de cardamomo, chocolate, sorvete de chá e amoras.  Uau!

A conta foi de 300 pesos (cerca de 150 reais) por pessoa, incluindo vinho. Uma pechincha para uma noite romantica e com um menu tão criativo e gostoso como esse.

Hernán Gipponi Restaurant
Soler, 5862 - Palermo Hollywood
Buenos Aires, Argentina
Fone: +54 11 3220 6820
Cartões: Visa, Mastercard e Amex
www.fierrohotel.com

Receba nosso conteúdo!

Digite um nome válidoDigite um nome válido
Digite um e-mail válidoDigite um e-mail válido

Cadastro efetuado com sucesso!

Erro no Cadastro!

Email já cadastrado!

Mail Chimp erro: