31/07/2018

O Picco: pizzas, drinks e muito jazz | São PauloSP

Bruno Favaro Barella

Carregando a galeria...
Frente movimentada
Frente movimentada
O bar visto de dentro
O bar visto de dentro
As confortáveis e aconchegantes mesas
As confortáveis e aconchegantes mesas
Provoleta feita no forno de pizza
Provoleta feita no forno de pizza
London Mule
London Mule
Azeitona All’ascolana
 Azeitona All’ascolana
Jazz ao vivo
Jazz ao vivo
Pizza Zonzo
Pizza Zonzo

POR QUE IR?
- Pizza napolitana espetacular: no Picco, você come uma das melhores pizza napolitanas de São Paulo. Pode confiar.  O diferencial fica por conta dos sabores exclusivos da casa, quase sempre com um molho de tomate perfeitamente preparado. Além das pizzas muito bem servidas de 30cm (dependendo da fome, é possível dividir em duas pessoas tranquilamente) com diversas opções de coberturas, você encontra no menu as pinsas, que são pizzas individuais para quem estiver com menos fome e quiser comer algo para poder tomar aquele drink tranquilo.

- Música ao vivo todo dia, sem cobrar entrada: já imaginou comer uma pizza fantástica ouvindo música ao vivo? Ou melhor ainda, jazz ao vivo e ainda sem pagar entrada? No Picco isso é possível. De terça a domingo, cada dia com seu tema fixo. Do jazz, blues e soul com muito improviso dos sábados de Jam Picco, até os clássicos do jazz no piano e baixo acústico. Todo dia é dia de música boa por lá, com duas apresentações de 50 minutos por noite.

- Drinks fantásticos: alie a pizza deliciosa e a música ao vivo ao melhor Moscow Mule que você vai provar na terra da garoa, e ainda com preço justo. Eu sou um fã incondicional do Moscow Mule e já provei o drink em diversos lugares de SP, mas nenhum se compara ao do Picco. Também é possível experimentar um incrível London Mule, que é a variação do Moscow Mule com gin ao invés de vodka. O drink fica ainda mais saboroso. Recomendo.  A dica da vez: o London não está no cardápio, mas pode pedir que a galera do Picco prepara com gosto. Também estão na carta de drinks diversas opções com whisky, vodka, Jerez, spritz, tequila e tudo que você pode imaginar. Todos preparados com perfeição. Para quem não quiser drinks, o Picco oferece algumas cervejas clássicas e também artesanais com bom preço.

- Atendimento impecável: no Picco, você é sempre bem atendido. A equipe é muito bem preparada, simpática e solícita. Você se sente recebido por amigos que querem que você tenha todo o conforto e a melhor experiência.

CLIMA DO LUGAR
- O ambiente é muito agradável, a iluminação é no ponto certo e o volume da música também. Você pode escolher uma mesa na “sala”, entre o bar e o piano, onde a mágica do som ao vivo acontece, ou na parte externa dos fundos, com as paredes grafitadas por artistas e espaço para conversar com os amigos, sentado ou em pé. Se escolher os fundos, mas não quiser perder o som, não se preocupe. Na área externa estão algumas caixas de som para  que todos consigam ouvir a música.

-  Outro diferencial é a área da frente. O bar fica aberto para a rua também e garante aquele clima informal de conversa na calçada. Nas noites cheias, é uma ótima pedida para quem estiver em galera. Na frente do Picco ainda fica uma Kombi aberta com lugares para sentar. Uma bela ideia, inusitada e muito inteligente pra conseguir acolher mais pessoas.

PROVAMOS E RECOMENDAMOS
- Provoleta (R$ 12,90): belo disco de provolone assado no forno de pizza com folhas de orégano frescas. O defumado do forno com o sabor do queijo com o orégano garantem uma bela entrada para comer sozinho ou dividir com os amigos.

- Azeitona All’ascolana (R$ 20,80): uma das melhores entradas que já provei. São azeitonas verdes grandes sem caroço, recheadas com uma mistura de linguiça, mortadela e carne bovina, empanadas e fritas no azeite. É de lamber os beiços.

- Pizza Zonzo (R$ 47,30): com o molho de tomate espetacular da casa e a massa leve e areada, a Zonzo leva em sua cobertura pimentão vermelho sem pele, calabresa apimentada, manjericão, laminas de alho, azeitonas pretas e queijo tipo Grana Padano. É picante no ponto e muito, mas muito saborosa.

- Moscow Mule (R$ 21,50): vodka, suco de limão, xarope de gengibre, ginger beer e clara pasteurizada. Um clássico bem preparado e servido nas famosas canecas de cobre. Equilibrado, espuma na consistência perfeita, saboroso, cítrico no ponto, gengibre na quantidade ideal. Que baita drink. Prove também a versão London Mule com gin no lugar da vodka que com certeza não irá se arrepender.

SÓ TEM LÁ
- London Mule: já falei duas vezes no texto e faço novamente referência. Ou seja, é bom demais mesmo. O London Mule, versão do Moscow Mule com gin, vale cada gole. Toda vez que vou peço nunca consigo beber apenas um.

- Jazz com pizza: não conheço outro lugar que consiga ter música ao vivo da melhor qualidade com uma pizza napolitana dessa. Duas paixões em um só lugar. Essa combinação, ainda mais com os improvisos de jazz, famosos nos bares, mas jamais vistos com pizza, fazem do Picco um dos meus lugares favoritos em SP.

- Pinsas: essa versão menor de pizza individual napolitana e com sabores exclusivos é uma ótima alternativa para os menos esfomeados e para os que querem provar mais sabores ou outras opções do menu.

- Azeitona All’ascolana: entrada que me surpreendeu. Normalmente coisas empanadas ficam boas. Agora, azeitonas empanadas eu nunca tinha visto. E posso confirmar que ficou delicioso. Suculenta, com o mix de carnes de dentro, e o empanado ao redor. Vale muito a pena provar!

IDEAL PARA
-  Ir a dois, com os amigos e galera da firma depois do expediente.

O Picco
Endereço: Rua Lisboa, 294 - Pinheiros 
Telefone: (11) 3081-0066
Redes Sociais: fb.com/opicco/ / IG: @o.picco
Formas de pagamento: dinheiro, todos os cartões de crédito e débito
Horário de funcionamento: terça a domingo - 18h à 0h

Receba nosso conteúdo!

Digite um nome válidoDigite um nome válido
Digite um e-mail válidoDigite um e-mail válido

Cadastro efetuado com sucesso!

Erro no Cadastro!

Email já cadastrado!

Mail Chimp erro:

SP Bruno Favaro Barella