24/11/2015

Pós praia no Galeto do LeblonRJ

Babi Libânio

Domingão, pós-praia, fome do cão, começa toda uma discussão: onde diabos vamos comer? Cada um dá uma ideia diferente e a única unanimidade é que todo mundo tá desfalecendo de fome. Um ser iluminado dá a dica: já comeu no Galeto do Leblon?

Chegamos na esquina de vidro na Dias Ferreira e eis que corre um pânico entre as pessoas. Obviamente tinha fila. Onde no Rio de Janeiro, no Leblon, no horário do almoço quase jantar não vai ter fila? Daí, meu amigo carioca descolado cantou a pedra: é só dar o nome, ficar no balcão ali do lado e pedir uma linguicinha. Opa! Falou a minha língua.

Corremos para o balcão lateral, confraternizamos com os garçons e abrimos os serviços com uma linguicinha regaaaaada no limão. Observem a humilde frase abaixo do nome do restaurante.

E pra acompanhar, como não somos de ferro, um chopinho básico.

Tínhamos um colega corajoso que não trabalha com cerveja (pode isso, Arnaldo?) e pediu uma branquinha para nos acompanhar. Não lembro qual era a marca, mas ele falou que era da verdadeira. E quando menos esperávamos chamaram o nosso nome. Finalmente tínhamos uma mesa para chamar de nossa.

O esquema no Galeto do Leblon é janela de vidro de ponta a ponta, mesa com aquela cobertura em papel e comida que vem rápido se você pedir o que mais sai na casa. Pra não ter erro pedimos o Galeto à Campanha com arroz de brócolis, farofa de banana e batata portuguesa.

Olha o meu pratinho básico montado para vocês verem todos os acompanhamentos. Ah, para os desavisados, molho a campanha no Rio é o vinagrete no resto do Brasil.

A parte carnívora da mesa não se contentou com o galeto e pediu logo uma Picanha à Campanha também com arroz de brócolis, farofa de ovo com banana, só que dessa vez pedimos batata frita tradicional pra dar uma variada.

Confesso que esse é um prato típico carioca. Por onde você andar no Rio vai encontrar batata portuguesa, farofinha, arroz com brócolis e carne. E com aquela fome de quem ficou torrando no sol, a mesa fica em uma espécie de seita do silêncio cada um devorando e se deliciando com essa combinação brasileira.

Domingo fechado com chave de ouro. Cinco marmanjos comeram, beberam e se esbaldaram pela bagatela de 51 reais por pessoa. Gostaria de frisar que isso foi no Leblon! Então quando você sair da praia com aquela dúvida e com uma fome sem amanhã, cai pro Galeto do Leblon que eles te curam.

 

Galeto do Leblon
Rua Dias Ferreira, 154 - Leblon
Rio de Janeiro/RJ
Fone: (21) 2294-3997
Aceita todos os cartões de crédito

Facebook.com/pages/Galeto-do-Leblon

Receba nosso conteúdo!

Digite um nome válidoDigite um nome válido
Digite um e-mail válidoDigite um e-mail válido

Cadastro efetuado com sucesso!

Erro no Cadastro!

Email já cadastrado!

Mail Chimp erro:

RJ Babi Libânio