30/03/2016

Roteiros Gastronômicos: um final de semana em Bento Gonçalves e regiãoRS

Diego Fabris

Sou apaixonado pela região de Bento Gonçalves (que vai bem além de Bento, na verdade, com Garibaldi, Pinto Bandeira, Caminhos de Pedra e Vale dos Vinhedos). Qualquer desculpa que tenho para subir a Serra eu aproveito e já começo a pensar o que e onde vou comer por lá. Neste roteiro, compartilho o que, para mim, é um final de semana gastronomicamente perfeito na região.

Sexta-feira à tarde: vinícolas no Vale dos Vinhedos

O ideal é começar o final de semana já na sexta-feira à tarde com as degustações em algumas vinícolas do Vale dos Vinhedos.

Comece o tour pela Vallontano, degustando bons vinhos. O Talise, um espumante de ótimo custo-benefício é a pedida para abrir os trabalhos. Em seguida, prove o Chardonnay da Vallontano, até chegar ao Cabernet Sauvignon. Se quiser algo mais ousado, busque a linha Era dos Ventos, como o inusitado Trebbiano on the Rock.

Bem ao lado da Vallontano fica a Queijaria Valbrenta. Um pit stop ali é irresistível. Uma atenção especial para o queijo Morbier, o queijo Itálico ao Vinho e o salame de javali. Você pode degustar tudo antes de comprar.

Depois dos queijos, mais uma parada rápida na escondidinha vinícola Angheben. O Barbera produzido por eles já vale a visita. Mas você também pode experimentar outros vinhos interessantes por ali como o Teroldego e o Touriga Nacional.

Para terminar a tarde em grande estilo, aquela que hoje é a minha vinícola preferida no Vale: a Almaúnica. As instalações têm um estilo moderno e o clima do atendimento é próximo. O único problema é que os vinhos são tão bons que dá vontade de provar a linha inteira. Mas se tiver que escolher, recomendo provar os seguintes: o Pinot Noit, o Syrah, o Malbec, o espumante Nature e o Quatro Castas (o assemblage deles). E prepare-se para sair de lá carregando umas garrafas.

Antes de voltar para o seu hotel ou pousada, mais uma parada é necessária na Itallinni Biscotteria, que oferece biscoitos excelentes em embalagens que rendem um belo presente de viagem. Ah, e claro, ajudam a dar um up no corpo depois de tantos vinhos.

Sexta-feira à noite: Pizza Entre Vinhos

Uma grande opção para jantar na sexta-feira é o animado Pizza Entre Vinhos. Situado no coração do Vale dos Vinhedos, esta pizzaria tem um conceito único, no qual o cliente escolhe seu vinho direto nas prateleiras e utiliza os abridores disponíveis nas mesas para fazer o serviço do vinho. Tudo sem frescura e com uma variedade de produtos da região incrível. Para comer, vale experimentar sabores de pizzas como a Do Pessali, com tomate-cereja, presunto parma e manjericão, e a San Danielle, com presunto cru e alcachofra.

Sábado pela manhã: Caminhos de Pedra

Um dos tesouros da Serra é a região dos Caminhos de Pedra. Uma charmosa estradinha leva a lugares onde o artesanal impera. A Casa da Ovelha, é o ponto de partida da região, com laticínios variados como queijos e iogurtes de alto nível.

Para o almoço de sábado, nada melhor que uma experiência rústica no Casa Vanni, situado em um casarão antigo. Você almoça no porão todo de pedras e ainda pode curtir um sol no jardim dos fundos do lugar. No menu, vale destacar o Filé da Casa, com mostarda e presunto cru, que vem envolto em massa folhada. Já na sobremesa, experimente a Panna Cotta com calda de frutas da estação.

Sábado à tarde: vinícolas em Pinto Bandeira

Tem quem chame Pinto Bandeira da “Champagne Brasileira”. E eu sou daqueles que concorda com o rótulo, por mais que isso aumente a expectativa sobre o lugar. Mas destas terras saem os melhores exemplares de espumante da Serra Gaúcha, na minha modesta e leiga opinião.

A primeira parada é na Cave Geisse. O tour pela vinícola é muito legal e, no fim, dá para experimentar grandes espumantes como o Cave Geisse Nature, o Cave Geisse Blanc de Blanc e o Cave Geisse Terroir. Se for do time da aventura, agende antes a Geisse Experience, um passeio num 4X4 pela propriedade que dura uma hora e meia, com direito a brinde e vistas incríveis.

O próximo destino em Pinto Bandeira é a Vinícola Don Giovanni. Você pode fazer um tour pela vinícola por 20 reais que são revertidos em compras na loja. Na degustação, grandes rótulos para se apreciar são: o Don Giovanni Cabernet Franc, o Don Giovanni Nature e o Don Giovanni Brut Rosé. Mas a grande pedida lá é agendar antes a degustação no pôr do sol no meio dos vinhedos. Com uma vista de tirar o fôlego, você prova os ótimos espumantes da região e não quer ir embora nunca.

Sábado à noite: Valle Rústico

O restaurante mais encantador do Vale dos Vinhedos é o Valle Rústico. O Chef Rodrigo Bellora prepara pratos com produtos de região apresentados com muita criatividade e sabor. O menu degustação vale cada passo e muda a cada estação para dar preferência aos produtos da época. Confie sem medo no que ele sugerir e prepare-se para uma noite inesquecível.

Almoço de domingo: Casa di Paolo

Sim, a esta altura do campeonato você já vai estar rolando e não vai conseguir mais pensar em comida. Maaaaaaas, deixe para pensar nisso no final da viagem e se joga no tradicional galeto do Casa di Paolo, que já fica na estrada, na saída do Vale dos Vinhedos. Tudo começa com a sopa de agnolini, passa por queijo frito, polenta e galeto, e termina com o sagu.

Se você ainda tiver fôlego para um último programa antes de ir embora, o Wine Garden da Miolo fecha o final de semana com chave de ouro. Você se joga no jardim e curte uma boa espumante no meio do verde enquanto relaxa.

Estes são apenas alguns dos lugares que a gente adora na região. Tem muito mais que a gente pretende contar em novos roteiros da Serra. Se você tiver dicas, deixe aqui nos comentários pra gente também.

Receba nosso conteúdo!

Digite um nome válidoDigite um nome válido
Digite um e-mail válidoDigite um e-mail válido

Cadastro efetuado com sucesso!

Erro no Cadastro!

Email já cadastrado!

Mail Chimp erro:

Free Pass Diego Fabris