19/03/2013

Simplesmente Frank's (ou o melhor bar da América Latina)AR

Amanda Mormito

Ainda que eu tente fazer justiça ao local, não existirão palavras suficientes para descrever esse belo desse bar em Buenos Aires, o Frank's. Está vendo essa entradinha discreta? Então, o Frank's é speakeasy. Entendeu? Bom, te explico.

Lá nos anos 20 quando a lei seca era aplicada em New York City, surgiram os primeiros vestígios de bares secretos. Claro, o pessoal mais rebelde (quer seja com ou sem causa) resolveu chutar o pau da barraca e abominar a lei que previa o fim do álcool. Então, lá pelas tantas apareceram esses bares que só se chegava no endereço através de senhas, ou pelo famoso boca a boca. 

No Frank's isso é parecido e, desde o meu ponto de vista, é legal. Fica bem mais divertido. Funciona assim: durante a semana tanto a página do facebook do bar como a conta do twitter, liberam pistas que fazem você descobrir a senha da semana para entrar na casa. Gente, que tudo, amo demais.

Para não correr o risco de chegar na hora e errar a senha, você pode validar a bendita no facebook mesmo, antes de ir, com a condição de que não vai ficar espalhando por aí, porque senão perder o mistério e a graça.

Quando você chega no bar, os dois "armários" que estão lá fora (seguranças) te perguntam a senha, você diz. Nisso, eles te liberam um código para você discar no orelhão que tem lá dentro. Não estranhe se nesse corredor você ver uma antiga sex shop fechada. Passada a gincana, você finalmente tem acesso ao callejón: meio que uma rua de paralelepípedo habilitada para os fumantes. O mais legal dessa parte são as músicas que tocam: sempre dos anos 20, sempre música francesa. Apaixonante.

Lá dentro o clima é outro, é tipo: "afff, entrei no paraíso".

Como se não bastasse a originalidade toda, o Frank's é o melhor bar da América Latina segundo a revista Drinks. E eu estou aqui para provar que é verdade (ps.: no ranking mundial, o lugar fica na posição #36).

Tudo é tão incrível que já devo aqui as minhas mais sinceras desculpas para vocês, por se eu não souber explicar direito a perfeição desse lugar.

E eu não sou a única que fica meio boba quando está lá dentro, turista de primeira viagem também se derrete pelo luxo do local e pela sincronização da ideia, da arquitetura e das pessoas que por ali passam.

Tudo no Frank's gira em torno dos bartenders. São eles a razão pela qual o bar é o que é hoje: o lugar mais cool de Buenos Aires. Sem brincadeiras. O bartender da foto é o Edgar Montenegro, colombiano, com olhar atencioso para o Ginger Martini que ele estava preparando. Eu diria que ele é o mister simpatia local. 

Aliás, se tem algo que eu sempre sugiro por lá é poder se sentar na barra. Isso é, se você conseguir, porque é a localização mais assediada da casa.

Das banquetas altas se observa tudo: desde o clima extremamente delicioso que rola lá dentro, até o show dos bartenders. E sem falar que você ganha até uns shots de algo de vez em quando, vide foto.

Para explicar ainda mais o porquê que você tem que ir ao Frank's, duas palavras: Sebas Garcia. Sim, esse é o jefe de la barra. É o responsável pelos melhores tragos do bar que tem uns dos melhores tragos do mundo. Ou seja, fácil fácil o Sebastián é um dos melhores bartenders da cidade. Simples assim. E ah, vale ressaltar que a conta do twitter dele é incrivelmente boa, cheia de dicas e espirituosidade.

Mas continuando a saga começamos com os drinks da noite, porque comida mesmo não houve (mas há petiscos para beliscar e pratos bem bons). Primeiro vamos de Negroni, clássico com Campari, Vermouth e gin. Começamos bem.

Depois foi a vez de um drink doce bem doce, o Treacle. Vinha com rum, suco de maçã, bitters e limão.

O terceiro eu escolhi pelo nome: Port of Spain. Lindo, né? Acho que casa bem para quem um homem peça, achei meio amargo e forte.

Depois foi a vez do Ginger Martini. E antes que eu diga que foi o melhor drink da noite, o menú do Frank's é bem legal, explica o sabor certinho de cada trago: se seco, se frutal, se forte, etc.
Enfim, o Ginger Martini é assim, a melhor bebida que você pode pedir na barra, sério mesmo. Eu sou dessas que acha que tudo com gengibre é mais gostoso.

Cucumber Martini, foi o quinto drink da noite. É gostoso, está aprovado.

Ainda rolou um Cuba Libre, back to basics né.

E encerrei num drink bem frutinhas para meninas que o Edgar fez sob medida. Por isso não sei dizer ao certo o que ia, mas tinha sim suas frutinhas vermelhas que eu amo tanto.

O Frank's é um dos meus lugares preferidos em Buenos Aires e não, eles não me deram nenhum drink de graça, cada um saiu por 70 pesos e o melhor de tudo é que você toma e não sente gosto de álcool, isso quer dizer que a coisa é mais que boa. Assim como o bar, as pessoas, os bartenders... Enfim, já puxei muita sardinha.

Frank's Bar
Arevalo 1445 - Palermo Hollywood
Buenos Aires - Argentina
Aceita todos os cartões
www.franks-bar.com


Receba nosso conteúdo!

Digite um nome válidoDigite um nome válido
Digite um e-mail válidoDigite um e-mail válido

Cadastro efetuado com sucesso!

Erro no Cadastro!

Email já cadastrado!

Mail Chimp erro:

SP Amanda Mormito