10/10/2019

Time Out Market: para provar os sabores de Portugal | LisboaFree Pass

Diogo Carvalho

O QUE É: um food market com opções para todos os gostos
IDEAL PARA: experimentar as comidas típicas do país
PROVAMOS E RECOMENDAMOS: Bacalhau à Brás (€​ 12,50), pastel de nata (€ 1)

Me chamou muito atenção a ascensão de Portugal no mapa da gastronomia. É um país que tem uma riqueza natural imensa, e que até então ficava estigmatizado como a terra do bacalhau. É diminuir tanto o potencial que nossos colonizadores oferecem, exatamente na mesma proporção que definir o Brasil como sendo a terra da feijoada. Muito embora sejam dois símbolos incríveis e deliciosos, ambos temos muito mais a oferecer.

Leia também
Informal: a culinária catalã em uma experiência moderna | Barcelona
Cecconi's: para voltar várias vezes | Londres

E nesse sentido, acredito que o Time Out tenha acrescentado demais à capital portuguesa. A partir dele, as pessoas passaram a se sentir bem mais à vontade para fazer de Lisboa não apenas um caminho, mas sim destino.

Foi justamente com o surgimento dele, em 2014, que a frequência dos vôos para lá sofreu um aumento significativo, e as pessoas passaram a desbravar ainda mais outras regiões igualmente apaixonantes, como o Douro, Alentejo, Dão e Aveiro.

Os mercados de uma forma geral têm esse objetivo, de sintetizar num único local o que há de melhor por lá. De uma forma bem democrática e descomplicada.

Dei uma volta olímpica para reconhecer o campo antes do jogo, e resolvi iniciar por um combinadinho (€ 19,90) do box chamado "Confraria Sushi do Mercado", porque presumo que o mercado de uma cidade portuária ofereça boas opções de peixes frescos.

Prevendo que ainda precisaria ir além e comer mais coisas, fui comedido mas quase me dei por satisfeito. Já não sou mais o mesmo, quando comia 80 peças no auge dos meus 20 anos.

O legal é a diversidade de culturas e paladares, porque do meu lado tinha gente comendo burger, comida thai, pizza, lámen e todo mundo convivendo pacificamente.

Minha segunda aposta foi numa das operações bem do fundo, que presumo ser as de cozinha de autor, pois todas eram assinadas por algum chef portuga. Dai fui na que tinha menos fila, chamada "Miguel Castro e Silva, Tradição sem medos".

Pedi um Bacalhau à Brás (€​ 12,50), mas acho que quando voltar lá vou pedir diferente. Na hora que o rapaz me chamou para entregar o prato, ele sugeriu que eu pegasse "Lascas de Bacalhau com ovo escalfado". Pra que me deixar na dúvida logo agora, moço!

Gostei bastante, não tem muito erro, ainda mais direto da fonte. Como estava com meu estoque de vinho super em dia, resolvi tomar um Port&Tonic (€ 5,69), a única forma possível de alguém me ver tomando Porto, porque é um troço que não me desce muito.

A única maneira aceitável de terminar a experiência pelo Time Out é encarando a fila da Manteigaria. Não se assuste, porque é sempre o que tem mais espera, mas em compensação como não existem opções além do pastel de nata (€ 1), o negócio flui bem rápido.

Mas sério, se não for comer um desses no final, nem vai cara, me respeita!

Quando estava indo embora encontrei um outro corredor com vários outros restaurantes, só que daí numa proposta um pouco mais contemplativa, pois todos tinham cadeiras próprias, ao contrário dos demais que é um salve-se quem puder para encontrar lugar nas mesas coletivas.

Portugal é demais. Moraria fácil. É mais rápido que ir pra Uruguaiana, e a gente ainda ganha carimbo no passaporte!

TIME OUT MARKET (Mercado da Ribeira)
Endereço:
Avenida 24 de Julho, 49, no Cais do Sodré, em Lisboa, Portugal
Telefone: +351 21 395 1274
Site: timeoutmarket.com/lisboa
Aceita todos os cartões

***
Se você gosta de comer e beber bem, e de falar sobre isso, vai gostar também do nosso podcast. O Foodcast é um papo descontraído da equipe de Destemperados sobre gastronomia, dá o play aí!

Receba nosso conteúdo!

Digite um nome válidoDigite um nome válido
Digite um e-mail válidoDigite um e-mail válido

Cadastro efetuado com sucesso!

Erro no Cadastro!

Email já cadastrado!

Mail Chimp erro:

Diogo Carvalho