12/08/2012

Uma experiência tibetana no Tashi LingRS

Isadora Andrade

Tem finais de semana que eu gosto de acordar cedo (antes do meio-dia é sempre cedo, ok?), botar um tênis confortável e pegar a estrada rumo a alguma cidadezinha diferente. O último destino foi Três Coroas, cidade que fica a pouco menos de 100km de Porto Alegre e que é bastante conhecida pelo seu templo budista.

Claro que uma visita ao Centro Budista Chagdud Khadro Ling estava no roteiro, mas não sem antes uma parada pra conhecer o Tashi Ling, um restaurante tibetano (primeiro no Brasil, dizem) sobre o qual eu só havia escutado elogios.

O restaurante fica na estrada que dá acesso à cidade e, já na entrada, fomos recepcionados por uma fonte com uma imagem de um dos deuses budistas. Uma atendente tipicamente trajada nos deu as boas-vindas de maneira muito amável e nos levou até a mesa.

O restaurante é simples e aconchegante; é uma espécie de tenda com panos e bandeiras coloridas enfeitando o teto do salão principal, que é todo envidraçado.

O clima do ambiente, como não poderia deixar de ser, é bem zen, com direito a mantras e canções tibetanas tocando. Tem até um altar com oferendas a alguma das divindades budistas e umas mesinhas baixas para quem se animar a ter uma experiência bem típica.

Assim que nos acomodamos, fomos servidos com um delicioso chá preto com gengibre. Todos os atendentes são extremamente educados e visivelmente dedicados em agradar e servir bem.

Enquanto tomávamos o chazinho, demos uma estudada no menu. Confesso que imaginei que encontraria opções, digamos assim, mais exóticas. Na verdade, conforme nos explicou o garçom, os pratos principais do restaurante são definidos como "contemporâneos com sotaque tibetano", ou seja, nada assim de tão diferente.

Como entrada, pedimos uma porção de chamô momo, umas trouxinhas cozidas no vapor e salteadas na manteiga e recheadas com cogumelos. Bem leves.

Pedimos, também, uma porção dos momos tradicionais, as mesmas trouxinhas tibetanas, dessa vez recheadas com carne, legumes e batata e acompanhadas de molhos de tomate e manjericão.

Na hora de escolher o principal, nos decidimos pelo prato que nos pareceu ser o mais "diferente": Racha, um pernil de cordeiro com molho de anis. Excelente escolha! A carne estava bem macia, e o molho, de sabor adocicado, deixava tudo ainda mais suculento. 

Esse prato, que serve tranquilamente a duas pessoas, vem acompanhado de deliciosas batatas cozidas selada na manteiga com ervas. 

Também faz parte do acompanhamento uma porção de arroz branco flambado na manteiga com castanha de caju, tempero verde e gergelim preto. De comer purinho!

Tudo bem delicioso e feito com carinho, mas essa cenoura caramelada com mel foi destaque. Uma delícia!

A ideia era terminar a experiência com uma das sobremesas que pareciam ser apetitosas, mas depois de dividir o prato principal, o máximo que conseguimos foi pedir mais um bule daquele chá preto.

Pagamos os cerca de 100 reais desse almoço num ambiente onde funciona também uma lojinha com artigos budistas. E depois de alimentar o corpo, continuamos o passeio pelo templo budista, porque a alma também tem fome.

Tashi Ling
Estrada RS-020 - Parada 70
Três Coroas/RS
Fone: (51) 4063-6228
Cartões: Visa e Mastercard
www.tashiling.com.br

Receba nosso conteúdo!

Digite um nome válidoDigite um nome válido
Digite um e-mail válidoDigite um e-mail válido

Cadastro efetuado com sucesso!

Erro no Cadastro!

Email já cadastrado!

Mail Chimp erro:

RS Isadora Andrade