06/07/2012

Vida longa ao Bistrot São LourenzoRS

Lela Zaniol

Sabe trabalho bem feito? Sabe quando tu vais num lugar e percebe que tem alma, que tem coração? Pois o Bistrot São Lourenzo, lá de Caxias do Sul tem tudo isso. À frente do negócio estão os chefs Alex Szigethy e Ines Vizioli, juntos eles colocam o nome ao lado de outros que estão fazendo a diferença e mudando a mesmice gastronômica que a cidade viveu por tanto tempo.

No dia que fomos conferir o lugar chegamos cedinho e garantimos nosso espaço sem precisar fazer reserva. As poucas mesas garantem o clima intimista e a iluminação na medida certa deixa o lugar extremamente aconchegante.  A proposta ali é relaxar e aproveitar o momento.

Aqui uma visão melhor do salão muito bem pensado e das mesas bem postas. Sempre falo sobre isso, mas acho tão importante chegar e ver todas as mesas postas.

A Daphne nem sentou e já foi correndo escolher um vinho para noite. Além da carta eles oferecem uma reserva que fica ali exposta nesse canto do restaurante.

O escolhido da noite foi esse Pinot Noir que estava uma delícia. Entendo nada de vinho e por isso nem interfiro na escolha, só sei se gosto ou se não gosto, o resto não estou nem aí.

O menu varia bastante e é criado com base nos produtos que o Alex encontra e que está afim de preparar. Adoro essa filosofia, acho sustentável, criativa e garante que o cliente sempre provará bons ingredientes, frescos preparados com prazer. Por esse motivo os pratos estão descritos nesse quadro negro que além de informar, ainda decora o ambiente.

Abrimos os trabalhos com um couvert sucesso total: geleia, pastinhas, palitinhos (oi!?) salgados e um pão. Confesso que tive que me segurar para não queimar a largada.

As porções de entrada servem tranquilamente duas pessoas e a dica é mesmo dividir para seguir vivo ao longo da noite. Nós ficamos na dúvida entre as opções e acabamos escolhendo os camarões crocantes com geleia de pimenta. Um clássico que eu adoro e sempre que tenho essa opção ataco sem dó.

Os pratos principais são individuais, porém, igualmente bem servidos. Fui de tournedor de filé recheado com camembert ao roti sobre risoto de funghi e aspargos.

A Daphne segui nos frutos do mar e pediu um Salmão Thay com arroz frito, camarão, shitake e molho de ostra. Acabei atacando o arroz e não queria saber de outra coisa. Ficou até chato, detonei o arroz do prato alheio e deixei sobrar um pouco do meu risoto no prato, mas foi por uma boa causa.

Agora o mesmo prato, mais de perto, só pra sacanear.

Como nós somos seres evoluídos (sic), temos vários compartimentos no estômago: um para doce, outro para salgado e outros tantos. Só que antes do doce abastecemos o compartimento das biritas com vinho do porto.

Daí sim a sobremesa, haromakis de líchia, sorvete de coco e calda de chocolate. Esses rolinhos crocantes mergulhados na calda de chocolate fecharam a noite.

Um café e a conta de cerca de 60 reais para cada (sem contar o vinho) foram o final dessa noite maravilhosa. Uma experiência fantástica que pretendo repetir várias outras vezes. Fico muito feliz em ver a cidade onde eu cresci com cada vez mais opções bacanas de experiências gastronômicas. Vida longa ao Bistrot São Lourenzo!

Bistrot São Lourenzo
Rua Luiz Antunes, 205 - Panazzolo
Caxias do Sul/RS
Fone: (54) 3021-6428
Não aceitam cartões
www.saolourenzo.com.br

Receba nosso conteúdo!

Digite um nome válidoDigite um nome válido
Digite um e-mail válidoDigite um e-mail válido

Cadastro efetuado com sucesso!

Erro no Cadastro!

Email já cadastrado!

Mail Chimp erro:

RS Lela Zaniol