10/02/2020

Vinícius Bistrô: sabores da região com toque autêntico | São Lourenço do SulRS

Antonella Nery

O QUE É: restaurante especializado em pratos típicos da região, com o foco em frutos do mar
IDEAL PARA: jantares especiais com os amigos ou almoços com a família aos domingos
PROVAMOS E RECOMENDAMOS: siri na casca (R$ 17), taça de camarão crocante (R$ 48), pastéizinhos de siri (R$ 26), filé de peixe à Belle Meunière (R$ 110), linguado do chef (R$ 115)

Domingo de verão no interior e vem a dúvida de onde almoçar? Mal sabíamos que São Lourenço do Sul, território de colonização alemã e forte em agricultura e pesca, nos prometia uma experiência tão surpreendente. Seguimos a dica do nosso amigo que mora na cidade e fomos ao Vinícius Bistrô. Antes de entrar lá, o lugar já nos ganhou: à beira da Lagoa dos Patos, clima de praia e uma fechada bem retrô.

Leia também
Restaurantes de beira de estrada no Rio Grande do Sul
Restaurantes para curtir o carnaval na serra gaúcha


Demoramos um pouquinho para pegar a mesa, já que não tínhamos reservado. Mas felizmente não foi um problema, já que iniciamos o almoço ali fora mesmo. Pedimos um drink mega refrescante: a Espumante Casa Perini Ice (R$ 72 a garrafa) com frutas nas taças, até que entramos no bistrô, que já de cara surpreendeu pela decoração. 


Aos amantes do vintage: vocês vão ficar de queixo caído como eu.


O restaurante é separado em dois salões com mesas de madeira espalhadas. Não dá para saber para onde olhar, é tanta decoração, tanto preciosismo na colocação de cada detalhe pelas paredes (e no teto).


Só pelo ambiente já vale a visita. Carregado de histórias pelos inúmeros ítens retrôs da decoração, o Bistrô nos permite viajar no tempo. 

Mas já que não é só do ambiente que vivemos, começamos os pedidos das entradas! Ah, já aviso que a hora da escolha é dificílima. Apesar do cardápio ser relativamente enxuto, se tratando apenas de uma página, cada prato dava mais água na boca que outro. 

Pois bem, começamos com uma entrada bem clássica: camarões à milanesa (R$ 62). Os pequeninos vêm em uma mini travessinha de madeira e acompanhados de um molho. Que petisco que não erra nunca, né.

Seguindo a linha de petiscos para compartilhar entre amigos, pedimos os pastéizinhos de siri (R$ 26). Eles vêm em oito unidades, bem recheadinhos e suculentos.

Era hora de um dos meus favoritos da vida: casquinha de siri (R$ 17 a unidade). Ah, e com um limãozinho por cima ainda. 

Por fim, mas não menos importante: a taça de camarão crocante (R$ 48). Na verdade foi a entrada que acabou mais rápido. Os camarões estavam uma delícia, mas a maionese que acompanhava conseguiu estar ainda mais. A famosa combinação que deu certo.

Minha escolha de prato principal foi o filé de peixe à Belle Meunière (R$ 110), com champignon, camarão e alcaparras. O termo francês veio do século XIX e significa “esposa do moleiro”, que na época era a pessoa que operava o moinho, usado para transformar o trigo em farinha. Aí o surgimento do prato que usa a farinha para empanar os peixes antes de fritá-los para ficarem mais firmes. 

Não consigo explicar a sintonia dos ingredientes desse prato. Por sí só cada um deles já daria excelentes pratos, mas a combinação... o sabor suave do linguado, a suculência dos champignons, a consistência dos camarões, o contraste mais acentuado das alcaparras, o delicado toque da salsinha. Um prato leve e com a cara do verão.

A segunda escolha foi o Linguado do chef (R$ 115). O peixe vem crocante ao molho de camarão, siri e especiarias. Além do linguado bem preparado, o molho veio com um sabor forte e incrível. Ah, e também acompanha arroz branco e folhas do dia. 

De sobremesa, um sorvete artesanal para compartilhar (R$ 18). Simplesmente irretocável, até aos paladares mais exigentes para doce. Os sabores variam conforme o dia, e o nosso veio com a deliciosa junção de sabores: sorvete de leite condensado, com doce de leite e ovomaltine por cima. 

Depois de abrir uns botõezinhos da calça era hora de um café. E não podia ter cenário mais oportuno para estar a máquina: junto a um tanque de gasolina. Como se fôssemos abastecer as energias para seguir o dia. 


O chef e proprietário é Vinícius Muller Kuhn, nascido em Pelotas,  que abriu o restaurante em 2015. O Vinícius Bistrô é uma experiência surpreendente dos sabores da região com um toque gourmet e autêntico. O cardápio ainda tem como principais pratos com filés, entrecots e aves. Além do sabor dos pratos serem excelentes, as apresentações parecem ser pensadas nos mínimos detalhes.

O atendimento faz o cliente se sentir em casa, atenciosos e gentis do início ao fim. O bistrô poderia estar em qualquer lugar do mundo e não decepcionaria. A certeza que ficou é: sempre que eu passar por São Lourenço do Sul será uma parada obrigatória.

VINÍCIUS BISTRÔ
Endereço:
 Av. Mal. Floriano Peixoto, 13, São Lourenço do Sul - RS
Telefone: (53) 3251-5472
Instagram: @viniciusbistro
Horário de funcionamento: de terça a sábado, das 19 às 23h30; e domingo das 11h30 às 15h

***

Se você gosta de comer e beber bem, e de falar sobre isso, vai gostar também do nosso podcast. O Foodcast é um papo descontraído da equipe de Destemperados sobre gastronomia, dá o play aí!

Receba nosso conteúdo!

Digite um nome válidoDigite um nome válido
Digite um e-mail válidoDigite um e-mail válido

Cadastro efetuado com sucesso!

Erro no Cadastro!

Email já cadastrado!

Mail Chimp erro:

RS Antonella Nery