16/09/2019

Cinco lições que aprendemos com Helena Rizzo

Amanda Xavier

Da escola de Arquitetura até as estrelas Michelin. Helena Rizzo compartilhou várias memórias que construiu ao longo da sua trajetória com as 80 pessoas que estiveram presentes no evento Food Experience, no Farol Santander de Porto Alegre. Abaixo, contamos cinco fatos que aprendemos com uma das chefs mais renomadas do país:

1. O segredo de uma boa comida não está apenas no tempero. Ter um alimento fresco e conhecer as técnicas adequadas é muito importante. "Um peixe com apenas sal e pimenta pode ser muito saboroso, desde que o tempo de cocção esteja certo", comenta Helena.

2. "A gente lida com uma loucura na cozinha que se chama tempo". O timing na cozinha é essencial. Seja o tempo de serviço, tempo de cozimento e, principalmente, de organização.

3. A alta gastronomia não tem a ver com excesso de técnica, mas sim, com a qualidade dos produtos utilizados e do alimento entregue e também tem a ver com uma boa ideia. 

4. Conhecer os produtos que serão utilizados e saber lidar com cada um faz toda a diferença. Cada verdura, legume, tempero tem uma forma adequada de uso e essa deve ser respeitada. "A gente tem que estar conectado com aquilo que estamos fazendo".

5. Para criar um menu, é necessário pensar na sazonalidade dos alimentos, não adianta querer forçar a barra. 

HELENA RIZZO INDICA:

Livro: Pegando fogo - Por que cozinhar nos tornou humanos, de Richard Wrangham: O autor expõe a sua própria "hipótese do cozimento". Para ele, passamos a cozinhar antes de nos tornarmos homens, e nos tornamos homens justamente porque passamos a cozinhar. Wrangham conta sua própria experiência no território selvagem dos chimpanzés - onde viveu com eles e comeu o que eles comem.

Filme: A Festa de Babete, de Gabriel Axel: A história acontece na Dinamarca no século XIX. Filippa e Martine são filhas de um rigoroso pastor luterano e, após a morte do pai, surge no vilarejo Babette, uma parisiense que se oferece para ser a cozinheira e faxineira da família. Anos depois, ela recebe a notícia de que ganhou um grande prêmio na loteria e se oferece para preparar um jantar francês em comemoração ao centésimo aniversário do pastor. 

***
A chef Helena Rizzo, nascida em Porto Alegre, aos 18 anos foi para São Paulo depois de uma breve passagem pelo curso de Arquitetura. Em SP, Helena começou a trabalhar como garçonete de Neka Menna Barreto. Depois de estágios em várias cozinhas da Itália e Espanha, em 2006 ela retornou ao Brasil e abriu o restaurante Maní, com culinária contemporânea, baseada em ingredientes simbólicos da cozinha brasileira. Única Chef brasileira à frente de um restaurante condecorado pelo Guia Michelin, já foi eleita a melhor Chef do mundo pela revista Restaurant por dois anos consecutivos, em 2013 e 2014.

***
O Farol Santander é um centro de cultura, empreendedorismo e lazer, localizado no emblemático centro histórico no coração da capital gaúcha. Além de exposições temporárias, espaço memória, cinema, café e restaurante, o local oferece duas Arenas dedicadas a palestras e debates. O calendário de 2019 inclui diversos encontros de gastronomia, moda e artes visuais. Acompanhe programação completa aqui.

*Conteúdo produzido por Destemperados para Farol Santander.

Receba nosso conteúdo!

Digite um nome válidoDigite um nome válido
Digite um e-mail válidoDigite um e-mail válido

Cadastro efetuado com sucesso!

Erro no Cadastro!

Email já cadastrado!

Mail Chimp erro:

RS Amanda Xavier