27/09/2019

Em seu mercado | Luiz Américo Camargo

Luiz Américo Camargo

Sempre que aterrisso em Barcelona, preciso logo fazer duas coisas para me sentir aclimatado. Se o horário de pouso for favorável, o roteiro é o seguinte: deixar as malas no hotel, tomar um banho, ignorar o jet lag e seguir para o Tapas 24 e para o Mercado da Boqueria. No 24, devoro as primeiras tapas, com um copo de vinho. Na Boqueria, entro em conexão com a alma gastronômica da cidade. Os peixes, os crustáceos, as frutas da estação. Os queijos e embutidos para apreciar no quarto, na fome da noite. Pronto, cheguei.

Quem gosta de comer sempre insere os mercados centrais em sua rota. É ali que se encontram a sazonalidade, o produto da roça e do mar, é para lá que vão os chefs, os gourmets exigentes, as senhoras e os senhores que só querem preparar um jantar digno para a família. Pode ser um programa turístico, pode virar uma roubada, caso você incorra em alguns “quitutes típicos”; pode sair caro, se você não ficar atento à lábia dos vendedores. Mas, parafraseando aquela ideia do escritor catalão Josep Pla, “a cozinha de um país é sua paisagem colocada na panela”. Eu diria que um bom mercado resume a paisagem culinária de uma região.

Tsukiji, em Tóquio, Rialto, em Veneza, Borough Market, em Londres. Cada viajante tem o seu preferido. Mas eu costumo pensar: será que aproveitamos os mercados das nossas próprias cidades com a mesma voracidade com que nos dedicamos aos estrangeiros? É claro que sempre haverá a diferença, o encantamento, a surpresa de estar em outro canto do mundo. No entanto, será que não poderíamos conhecer melhor aqueles que vendem os insumos cultivados no nosso cinturão verde? Os artesãos que lidam com a tradição alimentar da nossa locali-
dade? Nunca é tarde para descobrir. Se os shopping centers funcionam quase como territórios sem pátria, com grifes globalizadas e sistemas padronizados, criando uma “familiaridade-standard”, não importa em que capital estejamos, a genuína sensação de pertencimento, de elo com a terra, só encontramos mesmo num belo mercadão. É a partir dali que celebramos nossa paisagem. Dentro da panela.

***
Se você gosta de comer e beber bem, e de falar sobre isso, vai gostar também do nosso podcast. O Foodcast é um papo descontraído da equipe de Destemperados sobre gastronomia, dá o play aí!

Receba nosso conteúdo!

Digite um nome válidoDigite um nome válido
Digite um e-mail válidoDigite um e-mail válido

Cadastro efetuado com sucesso!

Erro no Cadastro!

Email já cadastrado!

Mail Chimp erro:

RS Luiz Américo Camargo