10/01/2020

Lições do Foodcast: Michelin x Netflix

Destemperados

Com a popularização da gastronomia, a tradicional premiação passou a dividir atenção e prestígio de chefs e público: será que aparecer em uma série vale mais do que as famosas estrelas?

OSCAR DA GASTRONOMIA
Já falamos bastante sobre a principal premiação de restaurantes do mundo. Ela surgiu como um guia: em 1900, um fabricante de pneus queria promover o turismo para o mercado automobilístico, que era uma novidade. De uma a três estrelas, indicava lugares que valem uma parada, um desvio na rota ou, em alguns casos, uma viagem só para comer e beber. Os critérios de avaliação seguem os mesmos, e o Guia Michelin virou praticamente um Oscar da gastronomia.
Episódio: #4

PERDEU, JIRO
A pessoa com mais idade a receber as três estrelas Michelin, o sushiman Jiro Ono, de 94 anos, as perdeu no fim de 2019. Segundo os responsáveis pelo Guia, isso se deu porque não é qualquer pessoa que consegue fazer uma reserva no Jiro Sushi, de apenas 10 lugares, em Tóquio. O sushi continua impecável, como você pode ver no documentário Jiro: Dreams of Sushi, disponível na Netflix. Mas, para comer, além da passagem e do preço altíssimo (mais de R$ 1,5 mil), só se tiver boas conexões. É a primeira vez que ele não entra no Guia desde que o Japão passou a receber a visita dos avaliadores.
Episódio: #17

A VEZ DA COMIDA DE RUA
Cada vez mais democrática, a gastronomia tem se distanciado dos restaurantes pomposos e se aproximado das ruas. Do mesmo diretor de Chef’s Table, a primeira temporada de Street Food mostra a tradição da comida de rua da Ásia. Já no episódio de estreia, conhecemos a história da carismática e perfeccionista Jay Fai, que prepara seus omeletes de caranguejo em um pequeno restaurante de Bangkok. Assistindo-a cozinhar, com uma máscara de esqui para se proteger do óleo quente, é difícil de acreditar, mas o restaurante que leva seu nome já recebeu sua primeira estrela Michelin.
Episódio: #9

PREFERE A NETFLIX
O chef Andoni Luiz Aduriz, do Mugaritz, na Espanha, disse que, hoje em dia, é mais importante para um cozinheiro estar na Netflix do que ter três estrelas no Guia Michelin. Depois de 20 anos aberto, seu restaurante nunca passou da segunda estrela. Em entrevista ao jornal El País no final do ano passado, ele disse não acreditar que a terceira vá chegar. O chef fez uma participação no reality gastronômico The Final Table, lançado em 2018 na Netflix.
Episódio: #39

ESTRELAS PESADAS
As premiações são tema recorrente no mundo da gastronomia. Há quem diga que ajudam, criando um padrão a ser seguido. Mas os mais críticos argumentam que os vencedores cozinham pensando nos avaliadores, e não no sabor da comida. Nos últimos anos, vários chefs renomados desistiram das suas estrelas pela pressão de mantê-las. O último deles foi o sueco Magnus Nilsson, que em dezembro largou o bi-estrelado Fäviken para, segundo ele mesmo, “fazer outras coisas”. Agora, para ver o trabalho dele de perto, só pela série Chef’s Table.
Episódio: #10

Se você gosta de comer e beber bem, e de falar sobre isso, vai gostar também do nosso podcast. O Foodcast é um papo descontraído da equipe de Destemperados sobre gastronomia, dá o play aí!

Receba nosso conteúdo!

Digite um nome válidoDigite um nome válido
Digite um e-mail válidoDigite um e-mail válido

Cadastro efetuado com sucesso!

Erro no Cadastro!

Email já cadastrado!

Mail Chimp erro:

Tags: