31/01/2020

Lições do Foodcast: o mundo mudou

Destemperados

Restaurantes, cafés e quitandas de vários países tentam sobreviver ao desinteresse de um público que busca incessantemente por novidades.

NEW GENERATION
Já nos Estados Unidos, são os restaurantes de comida chinesa, espalhados pelo país inteiro, que começaram a diminuir de número. Nesse caso, a explicação é outra: os filhos dos imigrantes que criaram esses locais já não estariam mais interessados pelo negócio dos pais – que comemoram o acesso da nova geração a universidades. Apesar disso, ainda há 45 mil restaurantes chineses por lá, segundo a revista Time. Esse número é maior do que o de todos os McDonald’s, KFCs, Pizza Huts, Taco Bells e Wendy’s juntos.
Episódio: #44

MANGIARE BENE?
Segundo uma matéria do site Eater, está cada vez mais difícil encontrar uma tradicional trattoria – aquela clássica cantina italiana – em Roma. Os motivos são o aumento dos aluguéis nos arredores de pontos turísticos e também a tentação dos donos em mudar para um estilo de cozinha que agrade mais aos turistas, o que acaba descaracterizando os lugares.
Episódio: #2

VIVE LE CAFÉ
A França leva tão a sério a tradição gastronômica que o governo anunciou no ano passado um incentivo de US$ 165 milhões para que os pequenos cafés do país continuassem funcionando. Há quem diga que foi uma manobra política do presidente Emmanuel Macron para agradar às pequenas cidades do interior do país, mas o fato é que o número de cafeterias diminuiu muito. Nos últimos 50 anos, cerca de 150 mil fecharam no país.
Episódio: #30

UM RIO QUE PASSOU
No Brasil, duas campanhas ganharam força na internet. Uma para ajudar o Bar Luiz, um dos mais antigos do país, a resistir à mudança de gosto do público e se manter aberto no centro do Rio de Janeiro. A outra, também no Rio, mas no bairro Tijuca, por uma quitanda – daquelas lojas de bairro que vendem de tudo – que luta para continuar funcionando apesar da concorrência das grandes redes de supermercado. A história de como a Quitanda Abronhense tenta se reinventar foi contada pelo jornalista Thales Machado no Twitter (@thalescmachado).
Episódio: #32

OS GRANDES TAMBÉM SOFREM
E o mundo não mudou apenas para os empreendimentos gastronômicos familiares. As grandes redes também tentam se adaptar às mudanças culturais e tecnológicas para continuar no mercado. A Pizza Hut, por exemplo, resolveu encerrar as operações de mais de 500 restaurantes que não estão atingindo as metas de vendas nos Estados Unidos. E mais unidades devem fechar as portas por lá nos próximos dois anos. A justificativa da empresa? Focar todos os seus esforços no delivery.
Episódio: #7

Se você gosta de comer e beber bem, e de falar sobre isso, vai gostar do nosso podcast. O Foodcast é um papo descontraído da equipe de Destemperados sobre gastronomia, dá o play aí!

Receba nosso conteúdo!

Digite um nome válidoDigite um nome válido
Digite um e-mail válidoDigite um e-mail válido

Cadastro efetuado com sucesso!

Erro no Cadastro!

Email já cadastrado!

Mail Chimp erro:

Tags: