15/05/2019

O futuro das coisas | Diogo Carvalho

Diogo Carvalho

Sou um dos maiores defensores de comer com as mãos. Engraçado isso, porque uma das minhas primeiras tatuagens foi um garfo e uma faca, que tenho no antebraço direito.

Muito embora sejam minhas ferramentas de trabalho mais preciosas, volta e meia deixo o garfo e a faca de lado em nome do prazer de segurar diretamente o que estou comendo.

Acho até uma tremenda falta de respeito com o pastel, o cachorro-quente, a pizza, o sanduba, a coxinha e o bolo quando eventualmente são apreciados “ao prato”. Das grandes heresias do mundo moderno.

Essas coisas não necessitam de intermediários na relação, é mais legítimo segurá-las com as mãos para já estabelecer uma troca de energia maravilhosa com o alimento e ir moldando a pegada aos poucos.

Pegada é muito importante, cara. O hambúrguer é um troço que eu tenho toda uma teoria. Se não tem “grip”, já perde ponto. Daí, viro ao contrário, com o pão do topo de cabeça para baixo e o pão da bunda virado para cima. Seguro com os polegares e indicadores, apoiando lá no final com dedos mínimos. Tentem isso.

Já me assumi um baita sommelier de hambúrguer. Percebi ter me tornado um quando passei a pedir burger sempre que existe essa opção no menu. De churrascaria a restaurante japonês. Isso mostra que graças a Deus não estou sozinho e essa cultura do hambúrguer tomou corpo.

Li esses tempos um texto do Nizan Guanaes falando sobre inovação e empresas do futuro, mencionando algumas iniciativas que estão reinventando a ordem das coisas. 

Uma delas é a “Impossible Foods”, Start-up que tem como investidores Bill Gates, Jay-Z, Serena Williams e Kate Perry, avaliada em aproximadamente 750 milhões de dólares. Há pouco mais de um mês, eles lançaram o “Impossible Whooper”, um burger de carne vegetal junto com o Burger King, nos Estados Unidos.

Como a negação do futuro pode ser o começo do fim, vou deixar meu purismo de lado e desejar que este seja o primeiro passo para um mundo bem mais saudável. Experimentarei de coração aberto, como sempre. Mas sem garfo nem faca.

***
O Diogo falou mais sobre hambúrguer no último Foodcast, o podcast do Destemperados. Pra ouvir, é só dar play aí abaixo:

Receba nosso conteúdo!

Digite um nome válidoDigite um nome válido
Digite um e-mail válidoDigite um e-mail válido

Cadastro efetuado com sucesso!

Erro no Cadastro!

Email já cadastrado!

Mail Chimp erro: